Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Bosque da Ciência comemora 19 anos com programação no Circuito da Ciência

O Bosque da Ciência do Inpa comemora 19 anos nesta terça-feira (1). Lançamento de cartilhas educativas faz parte da programação comemorativa do Circuito da Ciência na próxima sexta-feira (4)

Bosque da Ciência 19 anos: comemoração será sexta com Circuito da Ciência

Bosque da Ciência 19 anos: comemoração será sexta com Circuito da Ciência (Eduardo Gomes/Acervo Ascom)

Nesta terça-feira (1) o Bosque da Ciência do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa/MCTI), que foi inaugurado em 1995, completa 19 anos de existência e para marcar esta comemoração será realizada a 1ª edição do Circuito da Ciência de 2014.   O evento ocorre na próxima sexta-feira (4) nas dependências do Bosque, no horário de 8h às 12h.

 Em virtude do aniversário do bosque, este mês ocorrerão duas edições do circuito. “Em  comemoração ao aniversário do Bosque, o Inpa faz um grande evento em prol da popularização da ciência no dia quatro. Quando o Bosque foi inaugurado em 1995 o Inpa buscava fortalecer sua identidade não só como entidade importante na geração de conhecimento estratégico para a proteção e desenvolvimento regional, mas também na formação de pessoal de alto nível. O Bosque foi criado com esse intuito. Mas, sobretudo, para a socialização dos resultados com o objetivo de subsidiar conhecimentos para dar respostas e indicar caminhos para os problemas enfrentados pela sociedade”, afirmou o coordenador do Bosque, Jorge Lobato.

Programação

Durante a abertura do Circuito representantes da Vara do Meio Ambiente lançarão uma cartilha sobre conscientização ambiental. Para primeira edição de 2014 do Circuito da Ciência quatro escolas da capital foram selecionadas sendo elas: a Escola Estadual Vicente Telles de Souza (São Geraldo), a Escola Estadual Marquês de Santa Cruz (São Raimundo), a Escola Estadual Almirante Ernesto (Vila Buriti) e a Escola Estadual Fueth Paulo Mourão (São Jorge). O público estimado pela coordenação do bosque é de 300 pessoas.

As atividades estão dividas entre projetos, oficinas educativas e exposições como: Vida de Gavião Real, Jogos Educativos, Tecnologias Sociais e Inclusão Social na Amazônia e Exposição de Frutos Amazônicos. O Circuito da Ciência conta patrocínio da Petrobras e da Moto Honda da Amazônia. Outras empresas e instituições apoiam o projeto como o a Secretaria de Estado da Educação (Seduc), Secretaria Municipal de Limpeza e Serviços Públicos (Semuslp),  Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade  (Semmas), Laboratório de Psicologia e Educação Ambiental (LAPSEA), Associação dos Servidores do Inpa (Assimpa), Serviço Social do Comércio (SESC), Universidade Federal do Amazonas (Ufam), Universidade do Estado do Amazonas (UEA), Faculdade Metropolitana de Manaus (Fametro), Centro Universitário Nilton Lins (UniNilton Lins), Centro Universitário do Norte (UniNorte), Coca Cola e Brothers.

Sobre o Bosque


O Bosque da Ciência foi inaugurado durante as comemorações dos 40 anos do Inpa de   forma que logo se consolidou como um patrimônio do instituto e da população. Ele tem uma área 13 hectares, localizado na área urbana de Manaus e foi planejado e estruturado para promover o desenvolvimento do programa de Difusão Científica e de Educação Ambiental do Inpa. 

De acordo com Carlos Bueno, coordenador de Extensão do Inpa, há quase duas décadas o Bosque oferece para a sociedade um ambiente com temática social, científico  e cultural proporcionando ao público alvo um maior interesse pelo meio ambiente. ”Durante estes 19 anos, o Bosque serve como agente de transformação e divulgação de conhecimento para todos que o visitam. O Bosque não representa uma cópia original da mata nativa, mas mostra aos visitantes os potenciais em termos de frutas, hortaliças, cosméticos, madeiras, artesanatos entre outros”, destacou.

Para este ano, o Bosque da Ciência foi escolhido como um dos locais oficiais de visitação durante a Copa do Mundo em Manaus. Entre as atividades do bosque podem ser destacadas: trilhas educativas, tanques de peixe-boi, viveiro de ariranhas, Casa da Ciência, ilha da Tanimbuca, abraço da morte, trilha suspensa, lago amazônico, viveiro de jacarés dentre outras atrações .

“Podemos mostrar resultados de pesquisas, produtos voltados à alimentação, tecnologias verdes, aspectos culturais da região, entre outros. Além disso, temos exemplares da fauna amazônica que vivem e convivem na área do Bosque da Ciência”, comentou Bueno.

*Com informações da assessoria de comunicação do INPA.