Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Município de Uarini quer potencializar produção de mandioca

Conhecido como produtor da farinha de mandioca mais apreciada pelos amazonenses, município recebe apoio da Embrapa para otimizar técnicas do plantio da mandioca

Farinha do Uarini é a mais nobres das farinhas consumidas pelo amazonense

Farinha do Uarini é a mais nobres das farinhas consumidas pelo amazonense (Márcio Silva)

Reconhecido em todo o Amazonas pela qualidade da farinha de mandioca que produz, Uarini, localizado na região central do Estado, participou, através de representantes da Prefeitura local, de uma reunião na Embrapa Amazônia Ocidental (Manaus), com o objetivo de buscar alternativas técnicas para potencializar a produção da raiz no município.

O encontro aconteceu na quinta-feira (13), e contou com a participação dos secretários municipais de Produção Rural e Meio Ambiente, João Santos e Raimundo Pereira, respectivamente, e do assessor Vinino Gomes.

Inovação

De acordo com Santos, apesar da tradição que carrega, o município carece hoje de inovações e melhorias que ajudem a qualificar a produção. “O produtor de Uarini está há muito tempo trabalhando nesta área e precisa de inovação que o ajude a melhorar a cultura”, destacou o secretário de Produção.

A busca de apoio técnico faz parte de um projeto maior desenvolvido no município, que pretende qualificar toda a cadeia produtiva do setor, desde o cultivo da mandioca até a elaboração e comercialização dos seus produtos. “Estamos em busca de melhorar todos os processos que envolvam a mandioca no município”, reforçou Santos, que completou: “buscamos a Embrapa por ser uma referência na produção de tecnologias para a área rural, e sabemos que existem tecnologias para a mandioca que podem ser aproveitadas por nós”.

A ideia do secretário é colocar o projeto em prática por completo até o final de 2015. “Queremos ajudar a implantar a mecanização, tanto da produção, como nos aproveitamentos variados que se faz da raiz, para facilitar a vida do agricultor e para otimizar a produção. Queremos ajudar na organização dos produtores. E também queremos usar essa marca que o município tem para agregar mais valor ao nosso produto”, finalizou.

Conforme o supervisor do Sipt, Raimundo Rocha – que juntamente com o pesquisador Miguel Dias conduziu a apresentação do trabalho da Embrapa na área de mandiocultura durante a reunião – Uarini é referência em termos de produção de farinha no Estado. “Quando se fala em farinha no Amazonas, se fala em farinha de Uarini. Vocês têm este reconhecimento e isto se dá pela qualidade do produto, mas isso precisa ser trabalhado, como forma de reverter esta fama em lucro para o município”, ponderou.

Capacitação

A prefeitura de Uarini e a Embrapa Amazônia Ocidental estão organizando uma capacitação em maio município, com o tema “Sistema de Produção de Mandioca”. O curso vai abordar, de forma ampla, diversos assuntos importantes, que podem ajudar a melhorar a produção e produtividade da raiz, como época de plantio, adubação adequada, espaçamento ideal, cultivares recomendadas, controle de plantas daninhas e controle de doenças e pragas, além de colheita, produtos e subprodutos, entre outros temas.

O instrutor do curso será o pesquisador da Embrapa Amazônia Ocidental, Miguel Dias.

*Com informações da assessoria