Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Palestra discute a influência da bacia amazônica nas mudanças climáticas no planeta

O palestrante, Dr. Roel Brienen, apresentará resultados das suas pesquisas sobre como a floresta respondeu às mudanças climáticas ao longo de tempo e como o crescimento das árvores influem no ciclo hidrológico da região

Floresta amazônica

Floresta amazônica (Jochen Schöngart/ INPA)

Em tempos de cheia, a influência da bacia amazônica nas mudanças climáticas será tema de uma palestra promovida pelo Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia, que ocorrerá na na próxima sexta-feira (28), às 16h, no Auditório da Biblioteca do da instituição.

A palestra versa sobre o assunto “Usando os anéis das árvores e isótopos para entender as respostas da bacia amazônica para as mudanças climáticas: avanços recentes e armadilhas (do inglês “Using tree rings and isotopes to understand responses of the Amazon basin to climate change: recent advances and pitfalls”), tendo como palestrante o pesquisador da School of Geography University od Leeds, na Inglaterra, Roel Brienen. Ele estuda o funcionamento do ecossistema e as interações entre a ecologia e o meio ambiente com um interesse específico sobre o impacto das alterações climáticas nas florestas tropicais e recentemente, começou a usar a análise de isótopos de oxigênio da celulose dos aneis de árvores como um marcador para as mudanças históricas no ciclo hidrológico da Amazônia.

Durante a palestra, Roel apresentará resultados recentes sobre as suas pesquisas com aneis de árvores e isótopos de carbono e oxigênio extraídos da celulose dos aneis de árvores datados e registrados na bacia amazônica. A partir desses resultados, o pesquisador pretende ajudar os presentes a compreender como a floresta respondeu ao clima no passado. Tais informações sobre a variabilidade natural e o regime hidrológico do passado são importantes para discutir possíveis mudanças que poderão ocorrer no futuro.

O evento é uma atividade do grupo de pesquisa MAUA e é destinada a professores e alunos dos programas de pós-graduação do Inpa.

*Com informações da assessoria