Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Nível dos rios Acre e Madeira voltou a subir neste domingo (09)

O acréscimo no volume das águas de ambos os rios, deixaram mais famílias desabrigadas neste domingo (09) e ainda mais preocupadas com o futuro

Oito dos 13 bairros de Humaitá estão invadidos pelas águas do rio Madeira

Oito dos 13 bairros de Humaitá estão invadidos pelas águas do rio Madeira (Márcio Silva)

O nível do Rio Acre voltou a subir na manhã deste domingo (09), de acordo com a última medição da Defesa Civil, às 9 horas. O rio chegou a 15,64 metros (m) em Rio Branco, 1,64 m acima da cota de transbordamento.

De acordo com a prefeitura de Rio Branco, novas famílias foram retiradas de suas casas e levadas ao Parque de Exposições Marechal Castelo Branco. No momento, estão abrigadas 330 famílias que tiveram de deixar suas casas por causa das enchentes.

Nos municípios que estão no curso do rio, o volume das águas apresenta sinal de vazante. Em Brasileia, a medição está com 9,84 m. O nível baixou na cidade de Xapuri e está em 13,90 m, informou a Defesa Civil.

O Rio Madeira voltou a subir neste domingo. A última medição, às 9 horas, registrou 18,98 m. Há mais de 2,2 mil famílias desabrigadas. Por medida de segurança, o tráfego de caminhões na BR-364 está liberado somente das 7h às 17h.

As cheias do Rio Madeira começaram em setembro do ano passado na divisa dos estados de Rondônia e do Acre, fronteira com a Bolívia. Até agora, há 60 mortos e pelo menos 60 mil famílias afetadas na Bolívia. No Brasil, mais de 2,5 mil famílias estão desabrigadas.