Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Entrada para zoológico é de graça neste domingo (24), em Manaus

Na semana em que foi destaque internacional, junto com o Bosque da Ciência, Centro de Instrução de Guerra na Selva (Cigs) abre as portas para a comunidade

Os impagáveis bando de macacos divertem principalmente as crianças

Os impagáveis bando de macacos divertem principalmente as crianças (Luiz Vasconcelos )

Os pais que procuram diversão para a criançada neste domingo encontram um boa opção no zoológico do Centro de Instrução de Guerra na Selva (Cigs), que hoje abre as portas para os visitantes de forma gratuita, no período de 9h às 17h. A atividade faz parte da semana de comemoração do Dia do Soldado, que terá ainda uma exposição militar, a partir do dia 25 até o dia 8 de setembro, no Shopping Ponta Negra, na Zona Oeste.

Essa semana o Cigs e o Bosque da Ciência do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa) foram eleitos pelo site de viagens pelo mundo, TripAdvisor, dois dos melhores zoológicos e aquários da América do Sul.

O prêmio Travelers’ Choice reconheceu as principais atrações em todo o mundo com base em milhões de valiosas avaliações e opiniões do TripAdvisor. Os vencedores foram determinados por meio de um algoritmo que levou em conta a quantidade e a qualidade das escolhas de zoológicos e aquários ao longo de um período de 12 meses. Foram premiadas 275 atrações em rankings por região e também as ‘top’ 25 do mundo. Para América do Sul e Brasil, as duas categorias foram combinadas, respectivamente, em um só ranking com os 25 e os 10 zoológicos e aquários.

O zoológico do Cigs atualmente possui 186 animais de 49 espécies dentre aves, mamíferos e répteis, muitos ameaçados de extinção. O chefe de comunicação do Comando Militar da Amazônia (CMA), França Júnior, disse que é importante ressaltar que o Cigs não realiza captura de animais, mas recebe por intermédio do Centro de Triagem de Animais Selvagens do IBAMA, animais apreendidos e incapacitados de reintrodução ao ambiente de origem.

Para o major, o prêmio vem contribuir com o trabalho desenvolvido e cujo objetivo é proporcionar uma educação sócio-ambiental para a população manauense. Além disso, o Cigs representa o País perante os turistas estrangeiros que visitam o Estado, pois é o segundo ponto turístico mais visitado da cidade, depois do Teatro Amazonas.

“Gramado Zoo” foi o grande vencedor brasileiro, sendo o único representante verde-amarelo entre os melhores do mundo (10º) e primeiro colocado nos rankings de América do Sul e Brasil. O País tem ainda mais 15 vencedores na lista sul americana, oito deles de São Paulo e dois do Amazonas (Bosque da Ciência e CIGS) – as outras cinco atrações são de Aracajú (SE), Belo Horizonte (MG), Brasília (DF), Extremoz (RN) e Pomerode (SC). No total, foram reconhecidos pelos usuários do TripAdvisor dez zoológicos e seis aquários nacionais.

Bosque da Ciência também teve destaque

A população também encontra uma boa opção de lazer no Bosque da Ciência. Entre as atrações, o visitante pode conhecer a Ilha Tanimbuca onde há uma calha de água e vários peixes e alguns quelônios da região. Além disso, o aquário do Peixe-Boi da Amazônia e o viveiro das Ariranhas chamam atenção de quem passeia pelo bosque.

Na avaliação do coordenador do bosque, Jorge Lobato, a premiação do Travelers’ Choice é motivo de muita alegria. “É o resultado de um esforço institucional, de um sonho antigo de abrir as portas quando o Inpa criou, há 20 anos, o maior instrumento de difusão científica que é o Bosque da Ciência”, diz. “Isso retrata um amadurecimento de que estávamos no caminho certo quando insistimos na ideia de abrir as portas do Inpa para a sociedade”.

Novidades

Segundo o major França Júnior novidades estão sendo preparadas para o visitante do zoológico do Cigs, entre elas a Oca do Conhecimento e o aquário. Com inauguração prevista para novembro, a Oca do Conhecimento Ambiental será um espaço para a realização de atividades de cunho preservacionista, congregando em sua estrutura uma biblioteca, um auditório, uma sala destinada ao memorial do Guerreiro de Selva e a exposições relacionadas à proteção ambiental. Para o major essas atrações irão dar um “up grade” no zoológico e vai permitir que a instituição ganhe outros prêmios.