Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

  • EM DESTAQUE

0 comentarios | 29 de Julho de 2014

Intercâmbio para maiores de 30: uma realidade cada vez mais comum

Viver uma experiência no exterior por meio de um intercâmbio cultural traz grandes benefícios. Além do aprendizado do idioma, a vivência em um novo país proporciona grande enriquecimento cultural e pessoal para o aluno. São muitas as vantagens que uma viagem de intercâmbio pode trazer e, por este motivo, esse tipo de programa vem despertando o interesse de alunos de todas as faixas etárias.

O mito de que o intercâmbio é para adolescentes ou recém-formados não existe mais. O intercâmbio cultural atende alunos de todas as faixas etárias, com programas variados para diferentes idades e perfis. 

E por que o interesse pelo intercâmbio cultural está crescendo entre os maiores de 30 anos? Muitos não puderam fazer um intercâmbio quando mais novos, por falta de tempo ou oportunidade, e com mais de 30 anos, muitas vezes, já estão com a carreira consolidada e podem pagar a viagem com recursos próprios. Em outros casos, querem mudar de ramo profissional ou promover mudanças em sua vida pessoal, e encontram no intercâmbio a chance de tornar realidade essa mudança.

Mas se os maiores de 30 estão focados na carreira, como conciliar a vida profissional com uma viagem para um curso no exterior? Há diversas maneiras de conseguir esse tempo para o intercâmbio. O costume mais comum é usar o período de férias para se dedicar aos estudos, cursos de até quatro semanas podem trazer excelentes resultados. 

Também há a possibilidade de uma licença não remunerada, concedida por algumas empresas. Outros optam por se afastar das atividades e viver um tempo no exterior, o que é também conhecido por período sabático. A possibilidade de trabalho em alguns destinos viabiliza a decisão de se afastar do trabalho.

Tendo-se decidido por fazer as malas é hora de escolher o destino. Qual o ideal? Calor, frio, praia, montanha, cidade grande, cidade pequena. Há um mundo de possibilidades! O primeiro passo é saber o perfil de quem vai viajar, é preciso considerar o clima, o tamanho da cidade, o perfil dos moradores, o lazer, etc. O importante é que o destino se encaixe no perfil do aluno e que a qualidade do curso se alie com um local que encante a pessoa.

E o que fazer? O curso de idioma é o mais procurado. Aprender ou aperfeiçoar o idioma traz a possibilidade de uma melhor colocação no mercado de trabalho, como uma promoção ou um novo emprego. Também é possível fazer cursos na área de atuação do profissional, como cursos de especialização em marketing, design, business, fotografia, entre tantas outras opções. Buscar destinos em que se possa conciliar trabalho com estudo, também é uma alternativa bastante escolhida.

Em meio a tantas opções é difícil escolher a melhor. Por isso, a escolha de uma agência séria com profissionais qualificados é fundamental. Há diversas agências que trabalham com esse perfil de aluno. Embarcar em um intercâmbio depois dos 30 é uma ótima opção. Não há classificação indicativa para um programa de intercâmbio, e depois dessa idade, o curso pode ser melhor aproveitado e o destino melhor explorado.

Para tornar esse sonho realidade, é preciso apenas coragem para dar o primeiro passo e disposição para aproveitar tudo o que essa experiência pode proporcionar.

 
*Ana Luisa D'Arcadia de Siqueira é diretora de marketing da Global Study, franquia de intercâmbios

sobre este blog

Blog Artigos

Este espaço tem o objetivo de democratizar, ainda mais, as opiniões sobre os diversos temas, publicando artigos enviados por internautas e especialistas nos mais variados assuntos, ampliando a visão da sociedade sobre os temas em pauta no dia-a-dia de nossa sociedade. Você também pode ser um dos autores deste blog. Envie sua ideia (texto, ilustração; foto-legenda) comentando os fatos do dia-a-dia da nossa sociedade. Diga o que você pensa, sem medo e envie para online@acritica.com.br . . Não esqueça de enviar junto uma autorização de publicação e uma foto sua. É importante destacar que todo material, antes de ser publicado passará por uma avaliação editorial. Todas as opiniões expressas neste espaço democrático não refletem necessariamente o pensamento do Portal A Crítica, sendo de total responsabilidade do Autor os dados e informações utilizadas na confecção do conteúdo.

calendario de entradas

<Anterior Próximo>
novembro 2014
S T Q Q S S D
1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30