Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

  • EM DESTAQUE

2 comentarios | 07 de Julho de 2014

A Cidade e suas Ruínas

Crônica das terças-feiras do Caderno Bem Viver

A cidade e suas chagas abertas

A cidade e suas chagas abertas (Orlando Câmara)

A uma quadra do prédio onde moro, paro e tiro uma foto do que vejo: um dia houve algo naquele local, mas o que restou foi um grande buraco, repleto de barro, que invade a calçada. Assim, sem cerimônia, sem tapume. Sem qualquer respeito ao espaço público. Quase na esquina da Getúlio Vargas! Tirei a foto por que a cena é digna de uma cidade em guerra civil, ou bombardeada. Mas não, é exatamente aqui, onde vivemos em paz com nossas individualidades, ignorando quase que completamente o coletivo.

Na esquina, um grande terreno cercado por tapume fede a fezes e parece invadido. Pela fresta na cerca se vê lixo, muito lixo. E ao redor sempre há flanelinhas-zumbis, eternamente chapados, que vez por outra atravessam o tapume. Duas esquinas antes, na Getúlio com a Leonardo, há uma ruína com, no mínimo, 40 anos, se não for mais. Deve estar em risco de desabamento.

Há muitas casas e terrenos abandonados, invadidos ou com desvio de uso no centro da cidade! Já falamos sobre isso aqui, inúmeras vezes. E eles não estão na Manaus Moderna, ou nas áreas menos importantes. Não, eles estão no coração de tudo, próximos ao conjunto formado pelo Teatro Amazonas e Palácio da Justiça. A constituição brasileira de 1988 fala na função social da propriedade urbana:

“Art. 182. A política de desenvolvimento urbano, executada pelo Poder Público municipal, conforme diretrizes gerais fixadas em lei, tem por objetivo ordenar o pleno desenvolvimento das funções sociais da cidade e garantir o bem- estar de seus habitantes.

§ 2º - A propriedade urbana cumpre sua função social quando atende às exigências fundamentais de ordenação da cidade expressas no plano diretor.”

Falar em função social da propriedade urbana em Manaus é fazer piada! Os imóveis estão à míngua, desabando, insalubres e servindo de abrigo a todo tipo de coisa nociva ao bem comum. São patrimônios incômodos aos proprietários e danosos à cidade. Não se faz nada! E diga-se, não é de hoje.

Talvez essa seja a hora de avançarmos. Precisamos de um pacto que faça uma intervenção exemplar na área do Centro Histórico. Bastou a Copa para podermos perceber o quanto ele é importante para o turismo, a cultura e a autoestima manauara. Se alguém tinha dúvidas, agora não tem mais desculpa.

sobre este blog

Blog do Orlando

Sexta cidade mais rica da sétima economia mundial, Manaus, que já ostentou o título de "Paris dos Trópicos", se vê a braços com os problemas de uma grande cidade. Hoje, mais para "Bagdá Equatorial", ela procura soluções para suas questões urbanas, sejam físicas, sejam de propostas de futuro. Estamos nela, falaremos dela!

calendario de entradas

<Anterior Próximo>
dezembro 2014
S T Q Q S S D
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28
29 30 31