Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

  • EM DESTAQUE

6 comentarios | 04 de Fevereiro de 2014

A Igualdade é Branca

Crônica das terças-feiras do Caderno Bem Viver!

A igualdade é branca...

A igualdade é branca...

Um mês sem escrever. O assunto em maior evidência no início de 2014 é a pedofilia. Casos envolvendo prefeitos, parlamentares, empresários, e até um profissional da área de saúde, trouxeram à tona um problema que parece ser de grande incidência no Amazonas. Meninas e meninos, de 11 a 14 anos, são abusados sexualmente mediante violência. Fatos que acontecem na capital e no interior do Estado e, em determinadas ocasiões, com o consentimento dos pais ou responsáveis dos menores-vítimas.

Um enfermeiro da rede pública de saúde, de 42 anos, foi acusado de dopar e forçar relações sexuais com pelo menos oito pacientes que se submeteram a exames ginecológicos em um posto de saúde no bairro do Japiim. Entre elas, menores e maiores de idade. O profissional, que era réu primário, foi preso e recolhido à cadeia pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, onde continua. A denúncia foi de novembro de 2013 e a prisão em janeiro de 2014. Ainda na fase de inquérito policial, os veículos de comunicação estamparam a imagem e o nome do enfermeiro amplamente, sem qualquer restrição.

De outro lado, o prefeito de Coari e os envolvidos na operação Estocolmo, casos distintos, mas que envolvem a formação de redes de exploração sexual infanto-juvenil, recebem tratamento diferenciado. A grande maioria dos acusados, senão a totalidade, não está presa. E, fora o Prefeito de Coari, que teve sua imagem exposta após aparecer em reportagens no programa “Fantástico”, da Rede Globo de Televisão, os veículos de comunicação da cidade tratam com certa parcimônia, salvo raras exceções, a imagem e o nome dos acusados. A operação Estocolmo é de novembro de 2012 e as denúncias contra o atual prefeito coariense são de 2008.

Dois pesos e duas medidas para tratar crimes similares. É assim que queremos construir uma sociedade mais justa e equânime? É com esses exemplos que queremos reduzir a maioridade penal?

sobre este blog

Blog do Orlando

Sexta cidade mais rica da sétima economia mundial, Manaus, que já ostentou o título de "Paris dos Trópicos", se vê a braços com os problemas de uma grande cidade. Hoje, mais para "Bagdá Equatorial", ela procura soluções para suas questões urbanas, sejam físicas, sejam de propostas de futuro. Estamos nela, falaremos dela!

calendario de entradas

<Anterior Próximo>
outubro 2014
S T Q Q S S D
1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30 31