Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

  • EM DESTAQUE

2 comentarios | 17 de Fevereiro de 2014

Perspectivas e Promessas

Crônica das terças-feiras do Caderno Bem Viver!

A Zona Franca em constante perigo...

A Zona Franca em constante perigo...

A semana passada foi, no mínimo, inusitada, no que se refere à Zona Franca de Manaus. A começar pela Organização Mundial de Comércio, com sede em Genebra, na Suíça, onde se começou a discutir o pedido de explicações, protocolado pela União Européia, em 19 de dezembro de 2013, em relação a incentivos dados pelo governo brasileiro. Representantes da U.E. acusam diretamente o “Inovar-Auto”, relacionado ao setor automotivo, e a ZFM de travar o comércio internacional e gerar verdadeiros buracos negros no território nacional, em desrespeito às regras do mercado.

A União Européia quer o fim dos incentivos fiscais de nove áreas na Região Norte, inclusive Manaus. Parece incrível a capacidade que o pólo industrial da capital amazonense tem de angariar desafetos. Especialmente se observarmos que a principal disputa industrial entre os mercados europeu e brasileiro se dá nos automóveis, passando bem longe dos produtos feitos aqui. Ou será que alguém vai dizer que os paulistas, inimigos históricos, tiveram competência para se articular com a União Européia?

Ao mesmo tempo, a Presidente Dilma esteve em Manaus e reafirmou seu compromisso em prorrogar a ZFM por mais 50 anos. Compromisso que fez ainda em campanha à presidência da República, há quase quatro anos. Dilma já renovou seus votos uma infinidade de vezes, mas a verdade é que o filho não veio. E me pergunto se, em ano de eleição, ele será capaz de nascer. Congresso Nacional todo em campanha para reeleição, limitações da lei eleitoral e arranjos para a construção de alianças regionais parecem colocar areia nessa velha promessa.

E o pior de tudo, estamos esvaziados em termos de teses de defesa. Nem a questão da preservação ambiental, no estado com o menor percentual de devastação, e que representa 18% do território nacional, parece suficiente para dar dignidade e eficácia ao projeto ZFM. A nós, ela é necessária, sob pena de sua ausência nos levar à penúria, já que fomos incapazes de tirar do papel os projetos para uma economia autossustentável. Há 45 anos sabemos do caráter temporal e passageiro do PIM! Hoje vivemos de promessas e sob ameaças. Até quando dependeremos da caridade alheia?

sobre este blog

Blog do Orlando

Sexta cidade mais rica da sétima economia mundial, Manaus, que já ostentou o título de "Paris dos Trópicos", se vê a braços com os problemas de uma grande cidade. Hoje, mais para "Bagdá Equatorial", ela procura soluções para suas questões urbanas, sejam físicas, sejam de propostas de futuro. Estamos nela, falaremos dela!

calendario de entradas

<Anterior Próximo>
setembro 2014
S T Q Q S S D
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28
29 30