Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

  • EM DESTAQUE

1 comentarios | 05 de Junho de 2014

Infinitas vezes

Quanto vale um talento? Quantas vezes ele dá mais resultados que pessoas comuns? Saiba a resposta aqui!

Por que existe diferença de produtividade entre as pessoas? Quantas vezes um profissional excelente dá mais resultados do que um outro considerado normal? Ter talento nato, é a resposta que justifica uma série de dúvidas que lhe vem a cabeça, quando se pergunta por que algumas pessoas ganham dezenas de vezes mais do que você. Quanto vale um talento? Por que alguns poucos jogadores de futebol ganham milhões de dólares por mês, e a grande maioria apenas sobrevive? A resposta é que eles descobriram o dom que nasceu com ele, e persistiram até conseguir provar isso para o mundo. Todos nós nascemos com algo especial, o problema é que passamos a vida sem saber qual é, e quando descobrimos, não acreditamos ou somos influenciados pelos outros de que isso não passa de um sonho. A diferença que um Neymar ou Messi da vida provoca em um jogo, e a quantidade de gols que eles fazem a mais do que os outros, justificam a fortuna que eles recebem.

Se escolhermos 3 pessoas com a mesma idade, da mesma classe social, e incluindo também o mesmo nível cultural; e entregarmos 1 milhão de reais para cada um e dizer que podem fazer o que quiser com o dinheiro, e que dentro de três anos eles deverão prestar contas do que aconteceu, os resultados provavelmente serão totalmente diferentes. Talvez um voltará sem nenhum centavo, e ainda contrairá mais dividas. O do meio retornará com o valor entregue mais os acréscimos dos juros que a poupança rendeu. E o terceiro apresentará valores incalculáveis de retorno, porque terá assumido mais riscos, construído impérios, envolvendo propriedades, aplicação em ações, além de empresas com agregado de marca, impossível de ser calculado. E se eu lhe disser que os três profissionais escolhidos para a experiência eram irmãos trigêmeos? E criados sob a mesma condição?

Estudos sem respostas

Até hoje, estudos aprofundados ainda não conseguiram respostas, de como esse comportamento e perspicácia são criados ou desenvolvidos nas pessoas. Não é genética, não são condições de vida e não é grau de instrução.

E para qualquer profissão ou função, é necessário ter talento para dar resultados excepcionais. Até para aquele que dedica a sua vida para ajudar os outros. Os mais talentosos conseguirão mais doações para suas instituições filantrópicas. O padre diferenciado terá mais fiéis em suas missas. O professor de cursinho terá mais alunos em suas aulas e provavelmente terá mais aprovados no vestibular. A professora de ginástica terá mais quórum em suas apresentações na academia. E por aí vai. Em quaisquer circunstâncias e em atividades comuns, sempre existirão profissionais que renderão muito mais que outros. E provavelmente ganharão muito mais.

Dentro do segmento que você atua, em qual nicho você está? No grupo que possui um valor agregado maior, porque são referências no que fazem, ou na turma mediana, que está  “brigando” por preço e valores; ou lutando todos os dias apenas para sobreviver?

Para os que não nasceram com os dons da profissão que atuam, das duas uma: Ou essa área em que atua não é o que você gosta de fazer, ou falta suar mais a camisa indo em busca de conhecimentos e diferenciais. Todos os que são referencias em seus segmentos; treinam, estudam e se esforçam todos os dias para se manter no topo. Não existe campeão sem sacrifícios. A vida é um eterno desafio em chegar lá e se manter. Aliás, continuar como o melhor requer mais dedicação e trabalho, pois você se torna visível e provavelmente mais visado. Quer saber quantas vezes um talento dá mais resultados que um normal? Infinitas vezes!

 

 

 

 

sobre este blog

Blog do Oshiro

Aqui você fica sabendo sobre as tendências e as inovações do Desenvolvimento de Pessoas, a cultura do Atendimento com Encantamento, comportamento humano e os meus artigos publicados aos domingos no Caderno Dinheiro do Jornal A Critica.

calendario de entradas

<Anterior Próximo>
dezembro 2014
S T Q Q S S D
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28
29 30 31