Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

  • EM DESTAQUE

1 comentarios | 18 de Março de 2014

Meio Copo Cheio

No mundo existem os pessimistas e os otimistas. Saiba como eles visualizam a Copa do Mundo em Manaus.

Existe um conceito na qual diz que o mundo não é como ele é, e sim como você enxerga. E diante dessa tese, que nasceu a teoria do “meio copo cheio e o meio copo vazio”, ou seja, os que veêm o mundo de forma positiva e os que visualizam de modo pessimista. Tivemos recentemente a inauguração da polêmica Arena da Amazonia, e diante desse fato, ficou visível a interpretação de formas diferentes das pessoas que aqui vivem. O objetivo desse artigo não é julgar o certo e o errado, mas sim de levar a reflexão, de como as pessoas visualizam o mundo. Primeiramente vamos ao fato. A Copa em Manaus já foi aprovada, o estádio já foi construído e não é mais possível o retrocesso. Um ponto é de concordância de todos. A arena está linda e os amazonenses enchem o peito para dizer que é a mais bonita do Brasil. Diante desse fato, foi possível ver via mídias sociais, as diversas interpretações sobre a inauguração. Os otimistas brigaram por ingressos, chegaram cedo ao estádio, tiraram fotos (só não postaram na hora, porque a rede de internet não permitiu), vibraram com um jogo morno, enfim, fizeram a festa e começaram a viver o clima de uma copa do mundo. Para as filas no banheiro e dos bares, chegaram a comentar que tudo bem, afinal era um teste e o inicio de uma nova era. Os mais exaltados e empolgados já falavam até em ter uma equipe na divisão A do Campeonato Brasileiro. Esses são do time que vêem o mundo de forma feliz e cheio de oportunidades. Do outro lado, estavam as pessoas que enxergam o planeta meio cinza, são extremamente críticas, e o negativismo está presente em tudo. Normalmente, na vida também são assim. Esses são contra a copa, falam que o legado não irá acontecer, que a obra foi superfaturada, e inconscientemente torcem para que algo dê errado, para depois dizerem: “Eu falei. Já havia dito que não somos capazes”. A frase “Imagina na copa” é jargão em seus discursos. Os mais radicais nem chegaram ir à inauguração; e os que criticam, mas estavam lá, provavelmente reclamou da falta de estacionamento, da falta de informações, da falta de água, enfim, da falta de tudo.

O julgamento

Quem está certo desses dois grupos de pessoas citadas? Todos estão corretos com as suas opiniões. Todas as reclamações e elogios são verdadeiros e válidos. Mas, somente ficar no campo das percepções e dos comentários não levará a resultado algum. A pergunta a ser respondida por cada habitante é a seguinte: “O que eu posso fazer, que só dependa de mim e de mais ninguém, para que Manaus seja um exemplo de cidade que teve a melhor organização e hospitalidade em receber os turistas?”. E cada ação poderá fazer a diferença. Um simples sorriso e um cumprimento de saudação na rua. Deixar o seu carro na garagem na época da copa. Se voluntariar para ajudar nos dias de jogo. Tudo isso, sem julgar se a Fifa é que vai ficar com o lucro. Se o estádio vai virar um elefante branco. Ou se alguém ganhou dinheiro a mais com as obras. Se tudo isso está acontecendo agora, é porque você permitiu com seu voto, porque você não participou das manifestações, enfim, porque você não transformou palavras em ações. Tome-se o exemplo de jovens que se unem – sem nenhum fim lucrativo – para contribuir para a melhoria de nossas vidas. Taí a turma do “Trânsito Manaus”, criando uma forma de colaborar. A moçada do CDL Jovem promovendo periódicamente um dia de gasolina sem impostos. Os voluntários do GACC ajudando as criancinhas com câncer. Essas pessoas movem o mundo para frente, transformam sonhos em realidade e “bla bla” em resultados. Que tal você passar a ver o copo meio cheio, e colaborar para que realizemos a melhor Copa do Mundo de todos os tempos?

sobre este blog

Blog do Oshiro

Aqui você fica sabendo sobre as tendências e as inovações do Desenvolvimento de Pessoas, a cultura do Atendimento com Encantamento, comportamento humano e os meus artigos publicados aos domingos no Caderno Dinheiro do Jornal A Critica.

calendario de entradas

<Anterior Próximo>
agosto 2014
S T Q Q S S D
1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30 31