Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

  • EM DESTAQUE

0 comentarios | 23 de Maio de 2014

COPA: Euforia, Tensão e Perplexidade.


Na data de ontem (19.05.14) Manaus recebeu o troféu que será disputado pelos países participantes da Copa do Mundo deste ano em nosso país.

Pelas inscrições e participações das pessoas – principalmente jovens – no evento citado, fica claro o clima de euforia que começa a tomar conta de nós brasileiros em função do maior evento esportivo a ser realizado em menos de 30 dias, denotando aquela característica de que o Brasil é um “país de chuteiras” no sentido figurado de que nos falava Nelson Rodrigues, posto que o brasileiro, em sua grande maioria, é um povo apaixonado por futebol. Com sua prática sendo desenvolvida desde a mais tenra idade, seja por meninos e agora, com mais frequência, pelas meninas, isto nos mais variados locais: seja nos campos de pelada, nos gramados, na praia, nas quadras, etc.

Paralelo a esse clima eufórico, sentimos também uma certa tensão pelo que virá a acontecer, pois são inúmeras as ameaças de possíveis movimentos de protestos que se esboçam no horizonte. Quanto às causas para tais manifestações é indiscutível a legitimidade para tal e muitos  motivos levam nessa direção, pois é sabido, por todos, a precariedade de nossos índices educacionais, do péssimo serviço de saúde pública, da insegurança reinante no meio social, assim como, do lastimável serviço de transporte público prestado, entre outros. Porém, o que não é admissível é o nível de violência que se instala nestes acontecimentos, principalmente, incentivados e colocados em prática pelos denominados “black blocs” que, sob o lema do protesto, depredam patrimônios públicos e privados, saqueiam lojas, quebram ônibus e automóveis, lesionam e assassinam pessoas, enfim, põem em marcha uma violência ensandecida, causando prejuízos de toda ordem e fugindo do verdadeiro objetivo das marchas.

A perplexidade é outro sentimento que nos invade diante de como iremos receber e tratar os milhões de turistas que nos visitarão durante a Copa. Será que estamos no nível adequado para isto? Haja vista os desafios que se impõem desde a dificuldade no conhecimento e prática do inglês, hoje uma língua quase universal, assim como nas acomodações e atendimento por parte daqueles que terão contatos mais diretos, como taxistas, hoteleiros, atendentes de restaurantes, etc. Provavelmente não estamos totalmente preparados, todavia, tenho a convicção de que nosso caráter de “homem cordial”, de que nos fala Sérgio Buarque de Holanda, em seu “Raízes do Brasil”, prevalecerá. Pois, somos hospitaleiros, alegres, atenciosos, versáteis e, nas situações mais complicadas iremos dar – no bem sentido – o nosso “jeitinho brasileiro”, afinal de contas, somos campeões em vários itens que nos orgulham, inclusive o de sermos o único país que ostenta cinco títulos mundiais de futebol e a caminho da conquista do hexacampeonato em nossa casa. Avante Brasil.

Um abraço a todos. 

Otávio Gomes.

sobre este blog

Blog do Otávio Gomes

Este blog tratará de assuntos do cotidiano das pessoas no que diz respeito aos assuntos mais palpitantes do momento, procurando destacar temas ligados ao sistema jurídico brasileiro, com enfoque para o direito do consumidor, tema que ganhou nova dimensão a partir da vigência do Código de Defesa do Consumidor. Todavia, é do interesse de quem assina o blog que haja indicação de temas por parte dos leitores, posto que se este espaço se propõe democrático

calendario de entradas

<Anterior Próximo>
novembro 2014
S T Q Q S S D
1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30