Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

  • EM DESTAQUE

0 comentarios | 07 de Agosto de 2014

Um momento de extrema felicidade.

Este 5 de agosto de 2014 ficará registrado em nossas memórias como um momento de grande júbilo para todos nós brasileiros e amazônidas, pois foi a data em que se promulgou, no Congresso Nacional, a Emenda Constitucional nº 83/2014, que prorroga por mais 50 (cinquenta) anos o prazo de vigência do modelo Zona Franca de Manaus, dando-lhe, concretamente, uma sobrevida até 2073.

Tal fato somente ocorreu em decorrência da iniciativa do Governo Federal, da efetiva participação do Governo do Estado e da Prefeitura de Manaus, do envolvimento de partidos políticos como o PT, o PSDB, o PMDB e as demais bancadas partidárias atuantes na casa legislativa nacional, assim como também pelo empenho de toda a bancada federal de nosso Estado (independente de agremiação política a que se filie), de todas as entidades empresariais do Amazonas e de outros Estados do norte, e, principalmente, de todos que aqui vivem e lutam para construir um Estado pujante e forte, engrandecendo a Região Norte e o País.

Em que pese o atual instante ser de regozijo, não se pode deixar de mencionar que este é o momento mais propício e adequado a se fazer uma reflexão e se pesquisar, trabalhar e buscar, uma alternativa ao modelo de desenvolvimento atual, haja vista que temos potenciais naturais que podem contribuir para a construção de uma Amazônia absolutamente mais sustentável, se explorarmos campos como o turismo, a piscicultura, a agricultura de várzea, etc. Isto é, se nos voltarmos para aquilo que estamos vocacionados. Não podemos perder esta oportunidade, sendo necessário também o envolvimento de todos os que aqui vivem e lutam pelo engrandecimento regional.

Ademais, como muitas lideranças afirmam e se reconhece pelo que é mostrado pelos meios de comunicação, é necessário que o resultado econômico/financeiro que advém dos impostos gerados a partir do Polo Industrial de Manaus seja efetivamente usado para dotar nossa Cidade e nosso Estado de reais condições infraestruturais para deslancharmos um futuro promissor, pois é inamissível que um dos Estados mais ricos da federação não tenha saneamento básico, ruas asfaltadas (vide as artérias do Distrito Industrial), um porto público condizente com as necessidades de escoamento da produção e para o recebimento de cargas e passageiros internos ou externos, assim como hidrovias trafegáveis, sinalizadas e regulamentadas, além de outras vicissitudes que nos afligem.

Portanto, parabéns a todos os que direta ou indiretamente se empenharam pela ampliação do prazo de vigência da ZFM, nos refestelemos com esta batalha ganha, mas não a transformemos em  uma “vitória de pirro”, pois a guerra ainda não está ganha, pois sempre novas batalhas teremos e devemos estar preparados para enfrentá-las sempre com ordem, perseverança e espírito público.

Até o próximo.

Otávio Gomes.

sobre este blog

Blog do Otávio Gomes

Este blog tratará de assuntos do cotidiano das pessoas no que diz respeito aos assuntos mais palpitantes do momento, procurando destacar temas ligados ao sistema jurídico brasileiro, com enfoque para o direito do consumidor, tema que ganhou nova dimensão a partir da vigência do Código de Defesa do Consumidor. Todavia, é do interesse de quem assina o blog que haja indicação de temas por parte dos leitores, posto que se este espaço se propõe democrático

calendario de entradas

<Anterior Próximo>
dezembro 2014
S T Q Q S S D
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28
29 30 31