Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

  • EM DESTAQUE

0 comentarios | 20 de Maio de 2014

Artur adia decisão sobre Melo e Dilma

No dia que estabeleceu como limite de sua paciência com as promessas da presidente Dilma em ajudar Manaus, mesma data na qual o governador José Melo (Pros) esperava um gesto dele em apoio à sua reeleição, o prefeito de Manaus, Artur Neto (PSDB), não fez nem uma coisa nem outra. Ao contrário, renovou esperança com a chegada do dinheiro de Brasília e sobre Melo, provocado ontem por jornalistas, disse que não fala de política em horário de trabalho.

Memória

Na quarta-feira passada, em Brasília, em tom de irritação com as promessas do Governo Federal, que espera e cobra há mais de ano, o tucano declarou que, se até ontem o dinheiro (R$ 360 milhões) não chegasse, agradeceria à “boa vontade” de Dilma.

Recuo

Com a presença de Melo, em palanque na Zona Leste para anunciar ontem parceria de R$ 110 milhões, Artur falou de recuo sem precisar de quê: “Daí o meu recuo, porque eu tenho o compromisso de defender Manaus como se eu fosse uma onça parida defendendo os seus filhotes”.

Garantia

Ontem, aliados do prefeito comentaram que até sábado de manhã o tucano estava disposto a chutar o pau da barraca com o Governo Federal, mas mudou o tom da conversa depois de falar longamente com o senador Eduardo Braga (PMDB).

Segredo

O prefeito Artur Neto e o governador José Melo reeditaram ontem um gesto que os políticos costumam mostrar como conversa sem segredo. Dispensaram motorista e seguranças e se deslocaram sós para a Zona Leste. Melo foi o motorista da viagem.

Olha o cinto!

Por falar nisso, ao deixar a Zona Leste, Melo fez questão de dirigir o próprio carro, dessa vez acompanhado de assessores. O problema é que assim que deu a partida alguém gritou: “Professor, coloque o cinto”.

Visível

Aos poucos o senador Alfredo Nascimento (PR) sai de seu recolhimento em busca de visibilidade com vistas às eleições. Sábado foi a Itacoatiara com José Melo. Na quinta-feira, vai à ALE-AM participar da campanha pela conclusão da BR-319 proposta pelo líder do Governo, Sidney Leite (Pros).

Só cena

Petistas suspeitam que o fato do PT estadual e o PT municipal terem ficado em campos opostos, um com o senador Eduardo Braga (PMDB) e outro com Melo, seja apenas jogo de cena para manter cargos no Governo.

Circulação

Estratégia do Planalto de usar os ministros para dar visibilidade a Dilma começa a ficar evidente em Manaus. Na semana passada, dois ministros estiveram aqui. Ontem, a agenda da ministra do Desenvolvimento Social, Tereza Campello, registrava que ela estará hoje na cidade.

Pronatec

Ontem, a assessoria da ministra distribuiu convites para autoridades locais informando que o compromisso dela aqui será participar da solenidade de entrega de diplomas do Pronatec. O evento ocorrerá às 20h no Parque do Idoso.

Altura

Vendo os secretários Wilson Alecrim (Susam) e Homero de Miranda Leão (Semsa) se abraçar, o vereador Amauri Colares (Pros) se aproximou e disse: “Secretário que mais se destaca”. De pronto, Homero retrucou: “Só pela altura (1,90 m)”.

Pinga-fogo

Artista do momento, Luan Santana será uma das atrações da festa dos visitantes do Festival Folclórico de Parintins. A informação ainda corre a boca miúda na cidade.

Enquanto Melo batia na porta de Dilma, ontem, centenas de policiais civis batiam em sua porta ontem à tarde.

Sobre manchete de ontem de A CRÍTICA, o juiz Henrique Veiga esclareceu que os delitos de trânsito que resultam em mortes ou lesões são julgados pela Vara Especializada em Trânsito. A lei de trânsito foi desenhada para julgar delitos culposos e somente os dolosos é que vão a júri. Até o momento somente o caso do menino Matheus Alves Gomes foi encaminhado para lá porque houve o reconhecimento de dolo eventual.

sobre este blog

Blog do Sim & Não

É a coluna de opinião publicada no jornal A Crítica de Manaus, que agora chega à sua versão na internet, trazendo os fatos e os bastidores da política, da cidade e da economia, como faz há 60 anos em sua versão impressa

calendario de entradas

<Anterior Próximo>
julho 2014
S T Q Q S S D
1 2 3 4 5 6
7 8 9 10 11 12 13
14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 26 27
28 29 30 31