Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

  • EM DESTAQUE

1 comentarios | 23 de Fevereiro de 2014

Choque de gerações é ensaiado

Um encontro realizado em Manaus na manhã de sexta-feira cria um fato novo nas movimentações para as eleições deste ano e deve ter repercussão futura. Contemporâneos, na mesma faixa de idade, emergentes, porém isolados em seus grupos quando tentam ousar voos majoritários, Rebecca Garcia (PP), Hissa Abrahão (PPS), Chico Preto (PMN) e Marcelo Ramos (PSB) se reuniram numa estratégia dos quatro, juntos, tentar serem ouvidos na sucessão estadual.

 Manifesto 

Pré-candidatos a governador ou citados como candidato, como é o caso de Marcelo Ramos, preferido pela Rede, os quatro evitaram afunilar a conversa sobre nomes e ensaiaram a redação de um manifesto, que pode ser editado caso a namoro evolua.

 Disposição 

Durante a conversa, os quatro fizeram críticas ao grupo que se reveza no poder há quase três décadas no Estado. Sempre que faziam isso se autodenominavam de nova geração da política.

Outro novo 

Por falar em novidade, um novo nome já circula o meio político como pré-candidato a governador. Trata-se do vereador Marcelo Serafim (PSB), que surge da necessidade do partido em lançar candidatura própria para fazer palanque ao prefeiturável Eduardo Campos.


Marcelos 

A inserção de Marcelo Serafim na disputa majoritária significa dizer que o PSB terá que discutir previamente o nome que poderá lançar, já que Marcelo Ramos é a outra opção, e que tem como madrinha a ex-senadora Marina Silva (Rede), que pode ser vice na chapa de Eduardo Campos.

Camarão

A ausência de discussão no PSDB sobre quem poderá ser o candidato a governador do partido, caso Aécio Neves exija uma chapa majoritária no Estado, faz os tucanos locais raciocinarem que o projeto da sigla no AM é lançar chapa camarão: ou seja, só candidatos a deputados estadual e a federal, sem governador.

Atado 

O prefeito Artur Neto (PSDB) aproveitou ida a Brasília e conversou na quarta-feira com Aécio Neves acerca da estratégia do partido no AM. Sobre candidato a governador, o tucano disse: “Teríamos que examinar os nomes dimensionáveis, mas candidatura própria não é sangria desatada por nós”.

Boto 

Ao homenagear o ex-senador Gilberto Mestrinho, que hoje completaria 86 anos se estivesse vivo, em seu programa semanal de rádio, o senador Eduardo Braga (PMDB) fez afago em Amazonino Mendes (PDT) e Omar Aziz (PSD), incluindo-os como sucessores importantes de Mestrinho.

Calendário

 Detalhe da memória de Braga sobre a gestão Mestrinho é que o primeiro feito lembrado por ele do ex-governador foi ter criado o calendário de pagamentos dos salários dos servidores.

Maratona 

O deputado federal Silas Câmara (PSD) trata sua reeleição como uma maratona. Na noite de sexta-feira, no Tropical Hotel, fez um evento como se estivesse em campanha. Conseguiu reunir 25 prefeitos, vereadores e pastores da Assembleia e pediu apoio.

Número 1

Ficou claro, durante o evento, que o projeto de Silas não é apenas reeleição, mas ser o mais votado do pleito a federal, conforme discursou o irmão dele, o pastor Samuel Câmara, que foi ao encontro.

sobre este blog

Blog do Sim & Não

É a coluna de opinião publicada no jornal A Crítica de Manaus, que agora chega à sua versão na internet, trazendo os fatos e os bastidores da política, da cidade e da economia, como faz há 60 anos em sua versão impressa

calendario de entradas

<Anterior Próximo>
dezembro 2014
S T Q Q S S D
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28
29 30 31