Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

  • EM DESTAQUE

0 comentarios | 27 de Junho de 2014

Dança colada para evitar ‘capoeirada’


O fechamento das chapas ao Governo nas alianças pró-Eduardo Braga (PMDB) e pró-José Melo (Pros), com quatro dias de antecedência do prazo final das convenções, mostra que eles este ano estão dançando um novo passo. Para evitar pernadas, como as que ocorreram em 2002 e em 2012, por exemplo, Braga e Melo colaram em seus aliados. Hoje em campos opostos, os dois se apressaram em tornar públicos os acordos, para que o dia 30 não seja de capoeirada ou reviravoltas.

Intervenção

Enquanto o PMDB anunciava o deputado Francisco Praciano (PT) como o candidato de Braga a senador, aliados do petista e do ex-governador Omar Aziz (PSD) faziam circular que o PT-AM poderá sofrer intervenção. O argumento é de que há acordo que Omar será o candidato do Planalto ao Senado.

Sem acordo

Na direção do PT-AM, porém, o acordo foi quebrado quando o ex-governador aceitou aliança do Pros com o PSDB, do adversário de Dilma, Aécio Neves.

Racha

Praciano sobe ao palanque de Braga, mas não leva a bancada da Kombi (Zé Ricardo, Bibiano e Waldemir José), seus aliados no PT. O deputado José Ricardo, por exemplo, disse que não foi convidado para o evento que oficializou a candidatura de Praciano a senador.

Suplência

A chapa de senador de Praciano está fechada, mas ainda faltam os nomes para preenchê-la. Certo somente que o primeiro suplente será do PT e o segundo, do PMDB.

Falta um

Na chapa de senador de Omar, já se sabe que o primeiro suplente será o ex-secretário municipal de Saúde Helder Cavalcante, indicado do senador Alfredo Nascimento (PR). A segunda suplência será do PSDB e pode ser preenchida por um vereador de Manaus.

Pacificado

Para acabar com a tensão na chapa de deputado federal do arco de aliança do Pros, o PSDB desmontou a chapa preparada pelos tucanos para eleger Arthur Bisneto. A pressão era feita pelos quatro deputados federais do grupo de José Melo.

Ameaça

A pressão contra a chapa de Bisneto era tanta que os três deputados federais do PSD chegaram a cogitar a possibilidade de tirar seus nomes à Câmara dos Deputados para concorrer a vaga de deputado estadual.

Nos dedos

A propósito, Carlos Souza, Silas Câmara e Átila Lins se encontraram no evento que anunciou ontem o deputado federal Henrique Oliveira (SDD) como vice de José Melo. O que mais se via entre os três era eles fazerem conta com os dedos.

Barata

Ao se encontrarem, Silas chegou dizendo: “Rapadura é doce, mas não é mole, não”. E Carlos Souza, visivelmente irresignado, repetia: “Barata também voa”.

Respeito

Alimentando expectativa sobre a aliança que seu partido anunciará hoje, o vice-prefeito Hissa Abrahão (PPS) deu dicas, entre Braga e Melo, qual deles receberá seu apoio: “Que seja um candidato que nos respeite, que nos ouça e que não nos desqualifique”.

Imaturo

Em dezembro do ano passado, ao ser exonerado da Seminf, ao vivo, em programa de rádio, pelo prefeito Artur Neto, que apoia José Melo, Hissa Abrahão foi chamado pelo tucano de imaturo e precipitado.

Pinga-fogo

O PV decidiu ontem que não fará aliança para disputar vagas à ALE-AM. O partido, porém, não definiu se marchará com Eduardo Braga ou com José Melo. Quem decidirá isso será o ex-prefeito de Manacapuru Angelus Figueira.

A Susam assinou ontem um convênio de Contratualização com o Hospital Universitário Getúlio Vargas (HUGV), integrando-o à rede de saúde da capital.

O titular da Susam, Wilson Alecrim, explicou que a partir de agora a instituição, vinculada à Universidade Federal do Amazonas, passará a receber, anualmente, recursos na ordem de R$ 18,9 milhões do Estado, para a ampliação da oferta de serviços à população local.

sobre este blog

Blog do Sim & Não

É a coluna de opinião publicada no jornal A Crítica de Manaus, que agora chega à sua versão na internet, trazendo os fatos e os bastidores da política, da cidade e da economia, como faz há 60 anos em sua versão impressa

calendario de entradas

<Anterior Próximo>
outubro 2014
S T Q Q S S D
1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30 31