Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

  • EM DESTAQUE

0 comentarios | 25 de Junho de 2014

Eleição de turno único se desenha


Operações em curso que desmontam as pré-candidaturas da deputada Rebecca Garcia (PP), para se tornar vice da chapa do senador Eduardo Braga (PMDB), do deputado Henrique Oliveira (SDD), para ser o vice da chapa de reeleição do governador José Melo (Pros), e de Hissa Abrahão (PPS), para se lançar deputado federal, traçam uma eleição de um turno no Amazonas. Com palanques em pé e chances de crescer, os três pulverizavam a disputa e poderiam adiar a decisão para o segundo turno.

Matemática

A hipótese de de turno único leva em conta os índices de intenção de votos que vinham pontuando em pesquisas publicadas até aqui. Baseando-se nelas, juntos, Rebecca, Henrique e Hissa, somavam cerca de 30%, sendo que a sondagem indicava o eleitor em busca de mudança nos quadros políticos.

Carona

Por esse raciocínio, o único palanque que resiste e se enquadra como novidade ao Governo do Estado é o deputado Marcelo Ramos (PSB), que pode surfar no vácuo deixado pelos três. Só ele também pode provocar um segundo turno.

Memória

Na última eleição estadual no Amazonas, o raciocínio matemático traçado na aliança do então candidato a governador Alfredo Nascimento (PR) e com o ex-prefeito Serafim Corrêa (PSB), a soma deu diferença. Na pré-campanha, juntos, representavam quase 90% dos votos, mas perderam a eleição para Omar Aziz (PSD).

Reação

A entrada no circuito de Lula e Dilma Rousseff para convencer o deputado federal Francisco Praciano (PT) a encarar a disputa pelo Senado é a maior demonstração de reação do Planalto à aliança regional de Melo e Omar com o PSDB, de Aécio Neves.

Reviravolta

O iminente “sim” de Praciano é a principal reviravolta na formação da chapa ao Senado de Braga. O deputado, antes, foi convidado, mas declinou da vaga e, no recuo, pesou o fato de não ter recebido nenhum sinal de aval dos cardeais de seu partido.

Incentivo

Aliás, nem bem havia vazado a informação de que Praciano seria o senador de Braga e o ex-presidente do PT-AM João Pedro já havia postado no Twitter: “Praciano: grande político, ético, probo. Aceitou ser candidato ao Senado pelo PT-PMDB. Vamos lá, companheiro”.

Intervenção

Explicando a razão pela qual até agora o racha entre PSD/Pros-AM com Dilma ainda não foi oficializado, aliados do governador avaliam que o óbice é o receio de que a nacional do Pros possa intervir no Amazonas e acabar com a reeleição. Isso porque o Pros foi gestado no Planalto.

Pros-PT

Por falar nisso, ontem, o Pros confirmou em sua convenção nacional apoio à reeleição da presidente Dilma Rousseff. A aliança, fechada na semana passada com a participação do governador do Amazonas, José Melo, passou com 94,5% dos votos dos delegados partidários.

Fase final

Definidas as chapas proporcionais, a final da pré-campanha, agora, será a definição das chapas e dos nomes que disputarão vaga à Assembleia Legislativa e à Câmara dos Deputados.

Reforço

A possibilidade de Hissa Abrahão disputar vaga de deputado federal é vista por aliados de Braga como um reforço ao grupo, que já sonha em fazer quatro federais.

Pinga-fogo

O ministro do Esporte, Aldo Rebelo, avaliou ontem como “extremamente positiva” a realização da Copa em Manaus. Aldo vem à cidade hoje para assistir ao jogo Suíça e Honduras. Estará com a senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB).

Polarizando a pré-campanha, o governador José Melo e o senador Eduardo Braga vão se deslocar sexta-feira para o interior do Estado. Eduardo se embarcará para Parintins e Melo, para Maués.

José Melo aproveita os últimos dias que pode para inaugurar obras e lançar programas, para implantar, em Maués, o Ronda no Bairro. Eduardo Braga vai a Parintins para lançar sua chapa completa: de governador a deputado estadual.

sobre este blog

Blog do Sim & Não

É a coluna de opinião publicada no jornal A Crítica de Manaus, que agora chega à sua versão na internet, trazendo os fatos e os bastidores da política, da cidade e da economia, como faz há 60 anos em sua versão impressa

calendario de entradas

<Anterior Próximo>
novembro 2014
S T Q Q S S D
1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30