Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

  • EM DESTAQUE

0 comentarios | 12 de Junho de 2014

Suplência ao PSDB é racha com Dilma

Mais do que uma negociação localizada, o possível recuo do deputado estadual Arthur Bisneto (PSDB) de disputar vaga de deputado federal para ser o primeiro suplente do ex-governador Omar Aziz na chapa de senador do PSD   pode ser interpretada, por um lado, como um racha de Omar com Dilma e, por outro, o início da construção de um forte palanque para o presidenciável tucano, Aécio Neves. Esse palanque conta com o Pros, do governador José Melo, lançado à reeleição por Omar Aziz.

Efeito Lula  

Não é de hoje que Omar cogita romper com Dilma. Há muito ele lembra a interlocutores que em 2010 foi eleito sem aliança com  Dilma, que apoiava Alfredo Nascimento (PR). Nas últimas semanas, Omar se mostrava  irritado com a entrada de Lula e do Planalto  nas articulações pró-Eduardo Braga (PMDB).

Alívio  

O recuo de Bisneto de se candidatar à Câmara dos Deputados deve animar os deputados federais que fazem parte da aliança pró-Melo. Eles diziam que a candidatura de Bisneto, por causa do apoio do pai, o prefeito Artur Neto, tinha larga vantagem sobre a deles.

2016 e 2018  

No meio político já há quem veja na aliança PSD-PSDB um sinal de acordo para as eleições de 2016, quando Omar poderia disputar a Prefeitura de Manaus, deixar Bisneto em sua vaga e preparar o retorno de Artur pai ao Senado, em 2018.

Solo

Caso as conversas entre PSD, PSDB e Pros evoluam, a principal afetada é a deputada Rebecca Garcia (PP) que contava com os tucanos para lançar sua candidatura a governadora. Com isso, pode optar por uma campanha solo ou entrar naaliança, como vice de Melo.

Plano C  

Aliados de Rebecca, porém, consideram que ela ainda dispõe do “plano C”, que é compor chapa com Braga. A ligação entre eles seria o ex-prefeito Amazonino Mendes (PDT), com o qual a família da parlamentar mantém negócios no Estado.

Lógica  

Trabalhando a hipótese de Rebecca   declinar de sua candidatura a governadora, aliados de Marcelo Ramos (PSB) e Hissa Abrahão (PPS) se animaram. Acham que, pela lógica, os votos dela migram para eles, por representarem mudança.

Reaminado  

A possível saída de Bisneto da disputa federal ressuscitou o projeto do vereador Plínio Valério (PSDB) de voltar ao Congresso. “Se o PSDB me apoiar pra valer, sou candidato (a deputado federal) em qualquer circunstância”.

Convite  

A primeira mostra do grau de relação entre PSD e PSDB poderá ocorrer na próxima terça-feira. É que o prefeito Artur quer convidar Aécio Neves para assistir ao segundo jogo da Seleção (Brasil e México) em Manaus.

Cálculo    

Do governador José Melo, na noite de terça-feira, em reunião com ex-prefeitos amazonenses: “Se alguém de vocês tiver que escolher, no voto, entre mim e o Omar, que o façam por ele. Eu vou pegar o pé na estrada pra pegar esse voto lá na frente”.

Dois tempos    

A propósito, o encontro de terça-feira do governador  com os ex-prefeitos oi apenas o começo da conversa  dele com as lideranças locais, visando sua reeleição. Ontem, Melo  começou a atender, um a um, os 300 líderes que reuniu no evento. 

PINGA-FOGO

- Assessores dos três senadores amazonenses passaram o dia de ontem atrás do “jubuti” que teria sido plantado na Lei de Informática contra AM e SP, na votação da Câmara. Eles descartam erro técnico, mas suspeitam que possa haver interesse político na questão.

- O Inpa enviou nota à coluna informando que a entrada no Bosque da Ciência continua sendo de R$ 5. O valor é praticado há seis anos. Sobre o pacote para a Copa de R$ 79, não é serviço do instituto, mas de uma empresa chamada Pra que Rumo.

- O Inpa informou ainda que o serviço da visita guiada, do pacote da Copa, é feito por consultores da empresa, com mestrado e doutorado, mas que não são servidores do Inpa.

sobre este blog

Blog do Sim & Não

É a coluna de opinião publicada no jornal A Crítica de Manaus, que agora chega à sua versão na internet, trazendo os fatos e os bastidores da política, da cidade e da economia, como faz há 60 anos em sua versão impressa

calendario de entradas

<Anterior Próximo>
dezembro 2014
S T Q Q S S D
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28
29 30 31