Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

  • EM DESTAQUE

0 comentarios | 20 de Junho de 2014

Os dramas de Eduardo e José Melo

O  governador José Melo (Pros) e o senador Eduardo Braga (PMDB) chegam a dez dias do prazo final das convenções partidárias com problemas semelhantes em montagens  diferentes. Melo tem chapa completa ao Senado, mas não consegue encontrar  um nome para ser seu vice, dentro do perfil que estabeleceu: técnico e com envergadura política. A Braga, sobram-lhe candidatos a vice, mas falta um nome que desbanque o favoritismo de Omar Aziz (PSD), candidato de Melo a senador.

Liberado

No caso de Melo, a missão dele se tornou tão difícil que o PSD, seu principal aliado, abriu mão do vice e o liberou para encontrar a peça em outro partido de sua aliança. Nesse caso, poderá recorrer ao PSDB, que amanhã deve anunciar apoio à sua reeleição.

Ciclo fechado

Braga, por sua vez, já ofereceu a vaga de candidato a senador ao deputado Marcos Rotta (PMDB), a Amazonino Mendes (PDT), a Francisco Praciano (PT) e a Alfredo Nascimento (PR), mas ninguém se dispôs a encarar a missão.

Distância

Quem percebeu a disposição do deputado Silas Câmara (PSD) promovendo, em maio, encontro de prefeitos com Melo, notou na quarta-feira, no anúncio da aliança PSC-Pros, que o ímpeto dele já não é mais o mesmo. Mostrou-se distante e chegou até a deixar vazio, por alguns momentos, o lugar que ocupava na mesa do encontro.

Operação

Quando participou da organização do evento que finalizou com a edição de uma moção de apoio a Melo com a assinatura de 53 prefeitos, Silas estava tentando se viabilizar como opção do governador a vice da chapa.

Sem romper

Aliados do governador José Melo disseram ontem que a possível aliança que seu partido fará amanhã com o PSDB, do presidenciável Aécio Neves, não significa o rompimento  dele nem de Omar com a presidente Dilma Rousseff. Só não dizem como irão conciliar interesses diferentes em mesmo palanque.

Juntos

Por falar em Pros e PSDB, ontem, o governador José Melo e o prefeito Artur Neto (PSDB) passaram a tarde de reunidos, na sede do Governo, na Compensa. A assessoria deles não divulgou o teor do encontro.

Ingratidão

O senador Eduardo Braga classificou como “ingratidão” o possível rompimento de Omar e Melo com a presidente Dilma. “A presidente ajudou os dois, ajudou o Amazonas, prorrogou a ZFM. É ingratidão”.

Custeio

Braga lembrou ainda que, no fim do ano passado, a presidente Dilma liberou US$ 196 milhões para ajudar o Governo Omar a fechar a gestão. “Foi um dinheiro para salvar o Governo dele, verba de custeio”.

Formato

Proposta de mudança que o PSB levará para as eleições deste ano poderá ser vista hoje, a começar pelo formato do evento. Ao invés de convenção festiva, realizará evento de trabalho, propondo-se a apresentar o plano de Governo de seu candidato a governador, o deputado Marcelo Ramos.

Crescimento

Aliás, o PSB avalia que Marcelo Ramos deverá ficar com a tendência de votos da deputada Rebecca Garcia, caso seja confirmada vice de Eduardo. Eles projetam que os eleitores da deputada são os que acreditam em novidade e mudança.


Pinga-fogo

*O ex-governador Omar Aziz prepara seu grupo em Parintins para eleições. Conversou na quarta-feira com o ex-prefeito Enéas Gonçalves e hoje se encontra com o prefeito Alexandre da Carbrás (PSD).

*O grupo de Omar Aziz deverá ter três candidatos a deputado estadual no município: o ex-prefeito Bi Garcia (PSDB), o deputado Tony Medeiros (PSL) e a irmã do prefeito,  Ester da Carbrás (PP).

*A respeito de notícias que envolvem nomes de autoridades que receberam ingressos para a Copa comprados com dinheiro público, o chefe do MP-AM, Francisco Cruz, desembarcou em Manaus na quarta-feira e disse a interlocutores: “Meus ingressos foram comprados e pagos por mim”.

sobre este blog

Blog do Sim & Não

É a coluna de opinião publicada no jornal A Crítica de Manaus, que agora chega à sua versão na internet, trazendo os fatos e os bastidores da política, da cidade e da economia, como faz há 60 anos em sua versão impressa

calendario de entradas

<Anterior Próximo>
setembro 2014
S T Q Q S S D
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28
29 30