Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

  • EM DESTAQUE

1 comentarios | 17 de Maio de 2012

O drama e o prejuízo da Flextronics Manaus

Empresa enfrenta gargalo que custa US$ 500 mil por trimestre

O XBox 360 é o videogame da Microsoft produzido pela Flextronics em Manaus

O XBox 360 é o videogame da Microsoft produzido pela Flextronics em Manaus

Ética e eficiência. Esses são os dois pilares essenciais para o Brasil conquistar, definitivamente, a posição de verdadeira potência mundial. É claro que esse processo é longo, de construção de uma consciência moral e, acredito eu, até de mudança cultural. Para isso, o país precisa promover um forte processo educacional, além de uma constante dose de bom senso.

Fiquei sabendo que a Flextronics Manaus vem passando por dificuldades para manter sua produção ágil e competitiva. A empresa vem enfrentando um gargalo que lhe custa um desastroso prejuízo trimestral de US$ 500 mil. O problema está na importação de componentes chineses para a fabricação do videogame XBox 360, que é vendido no mercado brasileiro.

Os insumos para a produção do XBox 360 são enquadrados na NCM 9504.50.00, que ficou muito visada com a Operação Maré Vermelha. Agora, a Flextronics sofre fiscalização rigorosa da Receita Federal na importação dos componentes chineses. Para se ter uma ideia do impacto negativo sobre a empresa, o canal vermelho da Flextronics nesse item aumentou de 3% para 45%.

Quero deixar claro que não estou aqui questionando o ato da fiscalização. A lei e seus regulamentos devem ser cumpridos, pois não podemos dar brechas para o contrabando. Porém, por deficiência quantitativa no quadro de Auditores, está havendo uma demora muito grande na inspeção e liberação dos lotes bloqueados pelo canal vermelho. Isso leva esses lotes a entrarem em período de armazenagem cujos custos adicionais, e não previstos, acabam inviabilizando a produção no PIM. Vale ressaltar que cada custo não previsto e que é agregado, faz com que a produção na China fique mais vantajosa.

Todos contamos com o bom senso e o esforço das autoridades da Receita Federal para resolver o problema, pois a empresa e os empregos do PIM não podem ser prejudicados.

Forte abraço a todos.

sobre este blog

Blog do Ulisses

O Blog do Ulisses dá atenção aos assuntos econômicos do Mundo/Brasil/Amazonas/PIM, aos assuntos focados na otimização de seu patrimônio financeiro e na arte da gestão empresarial (conseguir os melhores resultados através de pessoas felizes)

calendario de entradas

<Anterior Próximo>
outubro 2014
S T Q Q S S D
1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30 31