Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Elton John vai se casar com parceiro após legalização do casamento gay na Grã-Bretanha

Militante de longa data dos direitos dos homossexuais, o cantor britânico quer fazer uma cerimônia ‘discreta’ ao lado do companheiro David Furnish

Elton John e o companheiro (agora noivo) David Furnish, com quem tem dois filhos adotivos

Elton John e o companheiro (agora noivo) David Furnish, com quem tem dois filhos adotivos (AP Photo/Evan Agostini)

O cantor britânico Elton John irá se casar com seu companheiro de longa data David Furnish, agora que a legalização do casamento gay está sendo posta em prática na Grã-Bretanha, disse o artista em uma entrevista nesta segunda-feira.

O cantor de 67 anos disse ao apresentador da NBC Matt Lauer que ele e Furnish, um dos primeiros casais a registrar sua união depois que a Grã-Bretanha legalizou a Lei de Parceria Civil em dezembro de 2005, irão realizar uma pequena cerimônia em maio.

"Faremos isso bem discretamente", disse Elton John. "Mas vamos fazer e será uma ocasião alegre e vamos ter nossos filhos."

John e Furnish têm dois filhos adotivos, Zachary, de 3 anos, e Elijah, de 1 ano. O cantor se disse "muito orgulhoso da Grã-Bretanha" e dos progressos alcançados para legalizar o casamento.

Elton John é um dos músicos e celebridade gay mais proeminentes, e tem usado seu status no mundo musical para fazer declarações a favor da igualdade para lésbicas, gays, bissexuais e transgêneros.

Neste ano, o cantor escreveu um manifesto de 500 palavras criticando a proibição russa contra propaganda homossexual.

O primeiro-ministro britânico, David Cameron, aclamou os primeiros casamentos gays na semana passada, quando a lei entrou em vigor, afirmando que ninguém pode ter seu direito de casar negado por conta de sua orientação sexual.

A decisão causou rachas no Partido Conservador, de Cameron, onde muitos opõem-se ao casamento de pessoas do mesmo sexo, na medida em que isso contraria suas crenças religiosas.

A Lei de Parceria Civil, de 2005, permitiu que casais do mesmo sexo tenham os mesmos direitos legais do casamento, mas não a distinção de casamento.