Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Para criticar Cláudia Leitte e abertura da Copa, Maitê Proença cita Festival de Parintins

Atriz e escritora citou o Festival de Parintins e o Carnaval para criticar a festa organizada pela Fifa; performance da cantora baiana, com direito a ‘provocação’ a Jennifer Lopez, não foi poupada

“Ela (Jennifer Lopez) ficou olhando assim e falando: ‘Sua canalha! Como é que você faz isso?’”, disse Maitê Proença sobre a provocação de Claudia Leitte

“Ela (Jennifer Lopez) ficou olhando assim e falando: ‘Sua canalha! Como é que você faz isso?’”, disse Maitê Proença sobre a provocação de Claudia Leitte (Reprodução/Internet)

A atriz e escritora Maitê Proença criticou duramente a festa organizada pela Federação Internacional de Futebol (Fifa) em seu comentário para o programa “Extra Ordinários” desta quinta (12). Citando eventos famosos pelo luxo de cores e coreografias, como o Festival de Parintins e o Carnaval, ela qualificou a abertura da Copa de “amorfa”, “chinfrim” e “de dar vergonha”.

“Aqui tem Parintins, tem carnaval, a gente sabe fazer esse negócio direito, e eles me apresentam aquela coisa amorfa, chinfrim e de dar vergonha. Num país que tem Paulo Barros e Rosa Magalhães, colocar uma mulher belga para fazer... Ela tem um olhar exótico sobre o Brasil, acha tudo aquilo muito bonito. Foi um negócio amorfo. Eu fiquei olhando e esperando um momento apoteótico, uma coisa incrível e não aconteceu”, detonou a atriz.

A performance da cantora Claudia Leitte também não agradou Maitê. “Eu achei aquilo horrível, de quinta. A mulher (Jennifer Lopez) está lá, fazendo o melhor dela, já não saiu da pizza dela que não levantou, aí vem a outra (Claudia Leitte), no último momento, e abaixa até o chão tipo assim: “Quero ver agora se você faz isso”. Ela (Jennifer) ficou olhando assim e falando: ‘Sua canalha! Como é que você faz isso?’”, disse, sobre a provocação rebolante da baiana.

O jornalista Xico Sá também fez questão de alfinetar a Fifa e questionou os padrões impostos pela entidade. “Como é que a Fifa passa a vida inteira exigindo do Brasil um grande espetáculo e faz essa desgraça comandada por dois belgas?”, disparou.

O escritor Eduardo Bueno também entrou no papo e preferiu evitar comparações com a abertura das Olimpíadas, que será realizada no Rio de Janeiro, em 2016. O cantor Peninha concordou que os jogos olímpicos exigem mais preparo por expor várias modalidades e concordou com o escritor. “A abertura de Copa não é que nem abertura de Olimpíada. Abertura de Olimpíada é maravilhosa, e abertura de Copa, geralmente, tem esse padrão Fifa aí. E foi de dia, não tem um jogo de luz”.

Pela internet, a festa de abertura da Copa também desagradou muita gente. Comentários sobre a falta de momentos marcantes, as coreografias genéricas e até mesmo o espaço sobrando dentro do gramado, além do pouco destaque dado à conquista do cientista brasileiro Miguel Nicolelis, que conseguiu fazer um jovem paraplégico chutar a Brazuca, repercutiram até na imprensa internacional.