Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Beyoncé é a celebridade mais poderosa do mundo, segundo a revista Forbes

Com ganhos estimados em 115 milhões de dólares nos últimos 12 meses e uma série de sucessos nas paradas, Beyoncé, de 32 anos, arrebatou a primeira posição da lista anual

Beyoncé

Beyoncé (Reprodução/Internet)

A cantora pop Beyoncé, o jogador de basquete LeBron James e o produtor musical e rapper Dr. Dre encabeçaram a lista de celebridades mais poderosas do mundo da revista Forbes divulgada nesta segunda-feira.

Com ganhos estimados em 115 milhões de dólares nos últimos 12 meses e uma série de sucessos nas paradas, Beyoncé, de 32 anos, arrebatou a primeira posição da lista anual, empurrando a poderosa empresária do entretenimento Oprah Winfrey, de 60 anos, do primeiro lugar em 2013 para o quarto, enquanto a apresentadora de talk show Ellen DeGeneres, de 56 anos, saltou da décima posição no ano passado para a quinta.

Os dez primeiros lugares contam com cinco homens e cinco mulheres.

A Forbes atribuiu a liderança de Beyoncé à sua extensa turnê. O marido dela, o rapper Jay Z, ficou na sexta posição, seguido pouco depois pelas cantoras Rihanna no número 8 da lista e Katy Perry na nona colocação.

“A superstar fez 95 shows, arrecadando em média 2,4 milhões de dólares”, disse a revista em referência às cifras da empresa Pollstar, que cobre a indústria de apresentações musicais.

Além das vendas do seu álbum "Beyoncé", lançado no ano passado, a cantora recebeu milhões de dólares de contratos de patrocínio e de sua linha de roupas, e na semana passada deu início à sua primeira turnê mundial ao lado de Jay Z.

Embora Beyoncé não seja a que mais arrecadou na lista, sua presença na imprensa e nas mídias sociais lhe garantiram o topo do ranking da publicação.

LeBron James, de 29 anos, que na semana passada encerrou seu contrato com o Miami Heat, saltou da 16ª para a segunda posição. Ele arrecadou estimados 72 milhões de dólares graças ao seu desempenho nas quadras, contratos de patrocínio e à venda da fabricante de fones de ouvido Beats Electronics, da qual era coproprietário minoritário, à Apple por três bilhões de dólares.

Mas a ascensão mais impressionante da lista foi a do novo número 3, o Dr. Dre, nascido Andre Romelle Young. Ele lucrou 620 milhões de dólares em 2014, disparando da 63ª posição que ocupava em 2013.  

A Forbes disse que o cofundador de 49 anos da Beats com o executivo musical Jimmy Iovine recebeu mais dinheiro nos últimos doze meses do que qualquer pessoa na história da lista.

A revista compilou sua 15ª lista anual estimando os ganhos antes do pagamento de impostos entre 1º de junho de 2013 e 2014 oriundos de turnês, livros, contratos, patrocínios, filmes e outras fontes de renda residuais.

Fama e influência são medidas pela frequência com que as celebridades apareceram na mídia e pelo impacto que tiveram na indústria de entretenimento e na cultura. A Forbes também recorreu ao site StarCount, que acompanha 11 plataformas de mídia social, incluindo Facebook, Twitter e YouTube, para determinar a presença nestas mídias.

Embora a Forbes afirme que a lista mede a influência global, a maioria dos contemplados é norte-americana.

Pharrell Williams, produtor musical e cantor do sucesso "Happy", estreou na lista deste ano na 38ª posição, assim como o também cantor e vencedor do Grammy Bruno Mars na 13ª e os atores Bradley Cooper, o 48º, e o vencedor do Oscar de melhor ator deste ano, Matthew McConaughey, o 52º da lista.

A cantora Madonna, o jogador de futebol aposentado David Beckham, as atrizes Kristin Stewart e Charlize Theron, o empresário Donald Trump e os atores Alec Baldwin, Tom Cruise e Adam Sandler são algumas das celebridades que saíram da lista deste ano.

(Reportagem de Patricia Reaney)