Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

George Clooney vai dirigir filme sobre escândalo britânico de escutas telefônicas

"Hack Attack" é baseado no livro de 2014 de mesmo nome do jornalista Nick Davies, que detalha como os jornais britânicos invadiram as mensagens de voz dos telefones de celebridades, membros da família real e vítimas de crimes para obter informação privada

George Clooney

George Clooney (Reprodução/Internet)

O ator e cineasta George Clooney vai dirigir um filme sobre o escândalo com escutas telefônicas envolvendo algumas das maiores figuras de mídia e política da Grã-Bretanha, disse nesta quarta-feira o estúdio Sony Pictures Entertainment.

"Hack Attack" é baseado no livro de 2014 de mesmo nome do jornalista Nick Davies, que detalha como os jornais britânicos invadiram as mensagens de voz dos telefones de celebridades, membros da família real e vítimas de crimes para obter informação privada.

"Isso tem todos os elementos -- mentira, corrupção, chantagem -- nos mais altos escalões do governo pelo maior jornal de Londres. E o fato é que a verdade é a melhor parte", disse Clooney em comunicado. "Nick é um repórter corajoso e teimoso e consideramos que é uma honra transformar seu livro para o cinema."

O escândalo das escutas telefônicas levou o magnata da mídia Rupert Murdoch a fechar o jornal News of the World em 2011 e abandonar uma oferta de 12 bilhões de dólares pela emissora britânica de TV por assinatura BSkyB após o furor público e político e o êxodo de anunciantes.

O escândalo resultou na prisão de importantes editores britânicos e chegou ao primeiro-ministro David Cameron, cujo chefe de comunicação Andy Coulson foi forçado a renunciar em 2011 por conta do grampo telefônico enquanto ele era editor do News of the World.

A produção do filme está prevista para começar no próximo ano, disse o estúdio Sony.

Clooney, de 53 anos, também irá produzir o filme com o parceiro Grant Heslov através do estúdio Smokehouse, a empresa por trás do filme ganhador do Oscar em 2012, "Argo", e pela produção deste ano "Caçadores de Obras Primas", sobre o período da Segunda Guerra Mundial.

Clooney, que ganhou um Oscar de Melhor Ator Coadjuvante em 2006, também ganhou uma indicação ao Oscar de melhor diretor daquele ano por "Boa Noite e Boa Sorte", sobre a lenda do noticiário Edward R. Murrow. Ele é filho do jornalista de TV Nick Clooney.

(Reportagem de Eric Kelsey)