Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Mick Jagger assina carta que defende permanência da Escócia no Reino Unido

Outros grandes nomes que assinaram a carta incluem as atrizes Helena Bonham-Carter e Judi Dench, o cientista Stephen Hawking e o compositor Lloyd Webber, entre outros

Mick Jagger

Mick Jagger (Reprodução/Internet)

Mick Jagger, vocalista dos Rolling Stones, e outras 200 celebridades do cinema, da arte, dos esportes da literatura assinaram uma carta pedindo que a Escócia permaneça como parte do Reino Unido, seis semanas antes de um referendo histórico de independência.  

Em uma tentativa para conquistar os corações e mentes dos escoceses antes da votação de 18 de setembro, o grupo anti-independência “Vamos Permanecer Juntos”, que busca orientar os milhões de britânicos fora da Escócia que não têm direito a voto, divulgou a carta nesta quinta-feira, assinada por diversas celebridades. 

Pesquisas de opinião mostram que a maioria dos escoceses votarão contra a separação da união com a Inglaterra, que já dura 307 anos. Mas elas também mostram que muitas pessoas ainda não decidiram como vão votar, o que dá um elemento de incerteza ao resultado. 

“A decisão sobre deixar nosso país compartilhado é, obviamente, somente de vocês”, disseram as celebridades na carta. 

“No entanto, essa decisão terá um grande efeito em todos nós no restante do Reino Unido. Queremos que vocês saibam o quanto valorizamos nossos laços de cidadania com vocês, e expressamos nossa esperança que vocês votarão por renová-los.”

Outros grandes nomes que assinaram a carta incluem as atrizes Helena Bonham-Carter e Judi Dench, o cientista Stephen Hawking e o compositor Lloyd Webber, entre outros. 

Os organizadores disseram que entre os signatários estão 18 medalhas olímpicas, 44 prêmios Bafta, um prêmio Nobel e dois prêmios Turner. 

Já os defensores da independência têm seus próprios apoiadores, incluindo o ator Sean Connery, o ator Brian Cox e o autor Irvine Welsh. 

(Por Andrew Osborn)