Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Marco Feliciano pode perder o título de pastor por conceder entrevista à ‘Playboy’

O deputado confessou durante a entrevista ter usado cocaína na adolescência e ainda comentou a prática de sexo anal: 'quem faz não volta mais'

Antes de assumir a presidência da CDH, Marco Feliciano fez declarações homofóbicas e racistas nas redes sociais

O pastor pode levar uma advertência e até ser “descredenciado” da rede evangélica (Reprodução - Internet)

Após conceder uma entrevista à revista pornográfica Playboy, em abril, o deputado Marco Feliciano (PSC-SP) pode ter o título de pastor cassado.

A Convenção Fraternal das Assembleias de Deus no Estado de São Paulo (Confradesp) abriu uma apuração contra Feliciano em seu conselho de ética. O pastor pode levar uma advertência e até ser “descredenciado” da rede.

Feliciano confessou durante a entrevista ter usado cocaína na adolescência. Além disso, falou sobre o sonho de se tornar Presidente e ainda comentou a prática de sexo anal. “Com certeza, tem homens que têm tara por ânus, sim. Eu não entendo muito dessa área porque nunca fiz, graças a Deus, e espero nunca fazer, porque parece que quem faz não volta mais [risos]. Deve ser uma coisa tão estranha”, disparou o deputado.

Segundo o chefe de gabinete de Feliciano, Talma Bauer, a entrevista foi um direito de resposta do deputado, que se sentiu ofendido com uma menção a ele na revista. 

A Confradesp explicou que o conteúdo da entrevista em si não é problema, e sim a própria revista. “Não é esse o tipo de literatura que recomendamos aos fiéis”, destacou.

*Com informações do site Portal Impresa