Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Aldo e Barão, protagonistas das duas principais lutas do UFC 169, conseguem manter seus cinturões

Os brasileiros foram destaques no evento que ocorreu na noite deste sábado (1°), nos Estados Unidos - que contou com um ótimo card, tanto preliminar quanto principal. Bairro da Alvorada explodiu em festa, como de praxe

Cerca de 4 mil pessoas se reuniram no bairro Alvorada 3 para acompanhar o duelo e comemorar a vitória de Aldo

Cerca de 4 mil pessoas se reuniram no bairro Alvorada 3 para acompanhar o duelo e comemorar a vitória de Aldo (Bruno Kelly)

O UFC 169, realizado na noite deste sábado (1°) em New Jersey, EUA, contou com dois grandes nomes brasileiros - que entraram no octógono colocando seu cinturão de campeão em risco - figurando nas duas principais lutas da noite.

Considerado já um dos melhores cards do ano de 2014 no MMA pela crítica e público, o evento confirmou as previsões com lutas extremamente técnicas e importantes vitórias do amazonense José Aldo e de Renan Barão.

Na luta principal, a primeira vez de Renan Barão como o campeão linear da categoria dos galos aconteceu justamente contra Urijah Faber, adversário que o enfrentou no confronto onde conquistou o título interino da categoria. Na revanche, mais uma vez o Brasileiro levou a melhor.

Após um início cauteloso, Barão encaixou três socos precisos que levaram Faber para o solo, terminando a luta com um “ground and Pound” agressivo. Vitória de Renan Barão por nocaute técnico e a manutenção do cinturão peso-galo do UFC.

‘Arrocha Alvorada’

No co-main event da noite, mais um show do "herói da Alvorada" José Aldo Junior, em sua sexta defesa de cinturão, desta vez contra o desafiante Ricardo Lamas, que tentava lhe tirar o título de campeão da categoria.

O bairro da Alvorada 3, na Zona Centro-Oeste de Manaus, como de praxe se reuniu para assistir à luta. Como numa grande festa, cerca de 4 mil pessoas vibraram com mais uma vitória do conterrâneo da maioria que estava ali.

Dominante do início ao fim, o manauara abusou dos chutes baixos e o domínio do centro do cage. Com boas combinações durante os três primeiros, Aldo viu o americano mudar sua estratégia e tentar levá-lo para o chão no quarto round. Mais uma vez, Aldo levou a melhor, conseguindo ficar por cima no jogo de solo.

Na última etapa da luta, de diferente apenas os dois últimos minutos do confronto, onde Ricardo Lamas conseguiu impor seu “ground and Pound”, sem grande prejuízos para o campeão. No fim, vitória por decisão unânime dos juízes laterais ao amazonense, que agora é “hexa”.

 “Eu estava muito tranquilo”, disse Aldo logo após o combate. Agora, ele pode decidir por uma mudança de categoria: sem adversários à altura entre os penas, ele planeja deixar de lado a divisão em que se consagrou e subir para os leves.

Dana White já avisou, porém, que Aldo não poderá ser o detentor de dois títulos de forma simultânea.


Confira os resultados do UFC 169:

Card Principal
Cinturão peso-galo: Renan Barão derrotou Urijah Faber por nocaute técnico no primeiro round
Cinturão peso-pena: José Aldo derrotou Ricardo Lamas por decisão unânime
Peso-pesado: Alistair Overeem venceu round Frank Mir por decisão unânime
Peso- mosca: Ali Bagautinov derrotou John Lineker por decisão unânime
Peso-leve: Abel Trujillo nocauteou Jamie Varner no segundo round


Card Preliminar
Peso-leve: John Makdessi x Alan Nuguette por decisão unânime
Peso-mosca: Chris Cariaso derrotou Danny Martinez por decisão unânime
Peso-médio: Nick Catone derrotou Tom Watson por decisão dividida
Peso-leve: Al Iaquinta derrotou Kevin Lee por decisão unânime
Peso-médio: Clint Hester derrotou Andy Enz por decisão unânime
Peso-leve: Rashid Magomedov derrotou Tony Martin pordecisão unânime
Peso-meio-médio: Neil Magny derrotou Gasan Umalatov por decisão unânime