Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Alemanha não jogará de “Flamengo” na final da Copa

A Fifa decidiu que a Alemanha jogará com seu uniforme tradicional, o branco. Enquanto os “Hermanos” usarão, pela primeira vez no torneio, a camisa azul

Seleção Brasileira sofre sua maior derrota em 100 anos de história.

Alemanha não repetirá uniforme que usou contra o Brasil. (Clóvis Miranda)

Apesar de não poder utilizar a camisa que deu sorte contra a Seleção Brasileira na semifinal do torneio, os alemães acreditam que a escolha trará boas vibrações à equipe. Para os alemães, o fato de poder usar o uniforme nº 1 é um bom sinal para a grande final do torneio. Pelos lados da Argentina, será a estreia do modelo reserva na Copa. Nos seis jogos anteriores, os Hermanos jogaram com o modelo principal, e conseguiram seis triunfos.

O fato de não usar o uniforme inspirado na camisa do Flamengo, pode até frustrar muitos torcedores cariocas que comparecerão ao Maracanã, na tarde do próximo domingo (13). Mas, para o time de Klose e companhia, usar a camisa principal da Alemanha traz bons presságios.

Ter o direito de jogar com o modelo titular fez com que a Argentina se tornasse bicampeã do mundo em 1986, no México. Naquela ocasião, o time de Maradona foi pro jogo com a tradicional camisa listrada em azul e branco, e venceu o jogo por 3 a 2.


Na Copa seguinte, na Itália, em 1990, foi a vez dos alemães utilizarem sua indumentária principal. Usando a camisa branca com detalhes em preto e amarelo, Lothar Matthaus ergueu a Taça Fifa e ajudou a Alemanha a vencer a Argentina por 1 a 0, conquistando assim, o tricampeonato do torneio.

O time dirigido por Joachim Low jogou em apenas duas oportunidades com a camisa “Flalemanha”. Contra os Estados Unidos, quando venceram por 1 a 0; e contra o Brasil, no massacre de 7 a 1. Já os argentinos só vestiram branco e azul celeste nesta Copa. Com o uniforme nº1, venceram cinco das seis partidas que disputaram no Mundial.