Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Após derrota para Croácia, em Manaus, técnico de Camarões pede desculpas e diz estar triste com o resultado da partida

Os Leões Indomáveis perderam por 4 a 0 para a Croácia na Arena da Amazônia Vivaldo Lima e ainda sem pontuar na Copa do Mundo, não tem mais chances de se classificar para as oitavas de final

Ekotto, de Camarões disputa bola com jogador croata

Ekotto, de Camarões disputa bola com jogador croata (Euzivaldo Queiroz)

Em coletiva, após a derrota para Camarões o técnico Volker Finke pediu desculpas e disse que está muito triste pelo resultado da partida na Arena da Amazônia Vivaldo Lima, em Manaus, nesta quarta-feira, dia 18. O treinador também falou sobra a expulsão de Song, aos 40 minutos do primeiro tempo, quando a partida ainda estava 1 a 0.

“Estou muito triste com o resultado desse jogo. Jogar com 10 contra 11 é difícil, mas não é motivo para perder uma partida. O primeiro gol veio cedo de mais, foi complicado para os jogadores. Foi um jogo igual ao de Portugal contra a Alemanha, a mesma situação, o mesmo resultado”, comentou.

Sobre o soco que Song deu em Mandzukic, aos 40 minutos do primeiro tempo e que culminou da eliminação do jogador de Camarões. Finke disse que precisa analisar os fatos com muita calma para poder dizer se o cartão vermelho foi justo.

“Ainda não vi as imagens com tranquilidade. Me falaram que o cartão foi certo, mas prefiro ver com calma o que aconteceu antes de dar a minha opinião sobre essa situação.

O treinador também afirmou que ainda é muito cedo para falar sobre o futuro da Seleção de Camarões e também se vai continuar a frente do grupo . “A única coisa que posso dizer agora, 30 minutos depois do jogo, é que essa equipe ainda pode jogar muito, temos que seguir em frente”, completou.