Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Botafogo perde 1º na Libertadores mas continua líder

Apesar do revés fora de casa, O Botafogo continua líder do Grupo 2 na competição intercontinental. A equipe carioca terminou a partida com dois jogadores expulsos

Jogadores do Independiente comemoram o gol da vitória nos acréscimos da partida

Jogadores do Independiente comemoram o gol da vitória nos acréscimos da partida (Reprodução)

O Botafogo viajou até Sangolquí, no Equador, na noite desta quarta-feira (12) para enfrentar o Independiente Jose Terán no estádio Rumiñahui, tentando garantir a manutenção da liderança do Grupo 2 da Copa Libertadores. O Fogão sofreu o primeiro revés na competição e perdeu o jogo por um 2 a 1.

O resultado manteve o Fogão com 4 pontos no total, ainda na liderança mas agora encostado com seus adversários  O subiu para os mesmos 4 pontos mas com um saldo de gols inferior ao líder.

O jogo

Os donos da casa abriram oplacar aos 26 minutos do primeiro tempo com um gol de Nunñez. Olateral apareceu livre pela direita na grande área do Bota e chutou forte e cruzado para balançar as redes. Independiente 1 a 0 Botafogo.

O veterano zagueiro Bolívar aproveitou desvio de Doria, que cabeceou a bola após cobrança de escanteio de Jorge Wagner aos 14 minutos da etapa final. Independiente 1 a 1 Botafogo.

Quando tudo parecia caminhar para um empate com o Botafogo jogando todo atrás para segurar o resultado, Bolívar foi expulso ao receber o segundo cartão amarelo por falta dura em Daniel Ângulo aos 28 minutos do segundo tempo.

A expulsou causou revolta dos brasileiros que partiram para cima do árbitro Manuel Garay. Uma confusão se instalou e Edilson,que encostou sua cabeça na do árbitro também foi expulso.

Com dois a menos em campo, o sistema de jogo do Fogão foi desmantelado e os cariocas passaram a se ‘defender como podiam’, enquanto o Independiente se lançou por completo ao ataque.

Nos acréscimos da partida, a equipe do Equador garantiu a vitória após um golaço de Sornoza, que chutou de longe no ângulo de Jefferson. Independiente 2 a 1 Botafogo.

Independiente

Daniel Librado Azcona - Núñez, Lamas, Luis Fernando León, Mario Pineida - Jonathan González, Mario Rizotto, Henry León, Fernando Guerrero - Junior Sornoza e Daniel Angulo.

Técnico: Pablo Repetto

Botafogo

Jefferson - Edilson, Bolívar, Cesar, Julio Doria - Marcelo Mattos, Gabriel, Jorge Wagner, Lodeiro - Wallyson e Ferreyra.

Técnico: Eduardo Hungaro.

Árbitro

Manuel Garay (árbitro), Raul Lopez Cortez (auxiliar) e Braulio Cornejo (auxiliar).