Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Princesa continua invicto mas Fast lidera tabela após jogos da 3ª rodada do Amazonense

Mesmo não mostrando um futebol brilhante, o Tubarão mostrou que é muito forte jogando em seus domínios e venceu o Iranduba por 2 a 0 em Manacapuru. Com 7 pontos conquistados, o Princesa está perto de garantir a classificação para a próxima fase

Michel comemora seu gol com os companheiros do Princesa do Solimões

Michel comemora seu gol com os companheiros do Princesa do Solimões (Evandro Seixas)

O atual campeão e ainda invicto Princesa do Solimões venceu o Iranduba por 2 a 0 no estádio Gilbertão, na tarde deste sábado (15) no município de Manacapuru, na Região Metropolitana de Manaus. A partida teve transmissão ao vivo e exclusiva pela TV A CRÍTICA e mostrou Michel e Edinho Canutama marcando dois golaços para os donos da casa, garantindo a vitória.

O jogo foi válido pela 3º rodada do Campeonato Amazonense d 2014 e fez com que o Princesa alcançasse 7 pontos no Grupo A, assumindo a vice liderança, atrás somente do Fast, com 9 pontos conquistados. 

O Jogo

Jogando em casa, o Tubarão começou fulminante com o estreante Branco querendo mostrar serviço no ataque. Até os primeiros cinco minutos, ele foi o responsável por dois bons ataques dos donos da casa. O mais perigoso foi em uma jogada puxada com força e velocidade pelo lado esquerdo do campo, que o atacante finalizou com chute violento que assustou o goleiro Galvão.

Já o Iranduba ia jogando mais fechado e atento às chances de contra-ataque. Abdicando das faltas, os jogadores de meio de campo preferiam tocar a bola com rapidez e inteligência, o que confundiu por muitas vezes os marcadores do Princesa.

Aos 17 minutos de jogo, em um belo contra ataque, o Verdão novamente se fez valer de seu bom toque de bola e envolveu a defesa do Princesa, que observou Thales desperdiçar grande chance de frente para Rascifran.

Para tentar conter o volume de jogo do Iranduba, o Princesa abusou de faltas bobas para parar as jogadas. Em uma entrada mais dura, Rondinelle tomou o primeiro cartão amarelo do jogo, após cometer falta em Neneca.

O próprio Tubarão também se mostrou rápido, capaz de subir com extrema velocidade da defesa para o ataque. No entanto, pecou nas finalizações com Branco e Charles, os homens da frente.

Aos poucos o Iranduba se impôs mais em campo e à partir dos 25 minutos foi o único time a ter as melhores chances de abrir o placar. Gabriel, o veloz lateral direito do Verdão deu trabalho para o zagueiro He Man com seus arranques.

Rondinelle perdeu a bola para Neneca ao tentar tocar com Michel aos 32 minutos e o meia puxou um ótimo contra ataque. Ele lançou Talles que fez o pivô para Tiago avançar e chutar para o gol, obrigando Rascifran a salvar os donos da casa de tomar um gol.

O lateral Gabriel puxou um bom contra ataque aos 34 minutos e cruzou rasteiro para Talles, que pegou de primeira e viu Rascifran operar um milagre na pequena área.

O último grande lance do primeiro tempo foi um gol de He Man após aproveitar bola lançada de escanteio aos 43 minutos. Mas o lance foi invalidado pelo árbitro Francinei Fernandes, que assinalou falta de ataque do Princesa.

Alterações certeiras

Apesar das equipes iniciarem o segundo tempo com a mesma formação, e da mesma maneira de jogar. Mas ficou claro que o Verdão não mais conseguia manter o mesmo nível de jogo como no 1º tempo e logo acusou cansaço.

Os técnicos começaram a pensar em uma forma de melhorar o desempenho dos times. Marquinhos Piter foi o primeiro a tentar algo diferente logo aos 12 minutos. Sacou Branco do ataque e colocou Marinelson para tentar dar mais gás à equipe.

Sérgio Duarte por sua vez optou por colocar Bolacha no lugar de Neneca logo depois, aos 15 minutos.

Coube ao meia Michel abrir o placar com um golaço de fora da área aos 17 minutos de jogo. Um forte chute do jogador fez a bola entrar no canto direito do gol de Galvão, lá onde a coruja dorme. Princesa 1 a 0 Iranduba.

Não querendo arriscar outro empate dentro de casa, Piter fez nova alteração no ataque do time. Sacou Charles e colocou Edinho Canutama, outro atacante conhecido por sua velocidade e habilidade.

Já Sergio Duarte ainda vislumbrava um empate para o Iranduba e tirou Talles e Eder para colocar Carlos Henrique e Nassayeb.

No entanto, o jogo continuou nas mãos do Princesa, que, ainda abusando das faltas, anulou as jogadas de ataque do Iranduba.

Marinelson e Edinho Canutama deram novo fôlego às jogadas ofensivas do Princesa, mas pecavam na finalização e entrosamento entre os dois. Aos 40 minutos de jogo, Canutama fez bela arrancada da intermediária até a grande área do Iranduba e mesmo com Marinelson livre, preferiu chutar para o gol.

Mas Canutama ainda iria se consagrar no jogo marcando outro golaço para o Princesa no jogo. Ele recebeu passe rápido de Michel e avançou pela esquerda, invadiu a área, deixou dois marcadores no chão e de cara para o goleiro Galvão, mandou bola de chapa para as redes aos 47 minutos. Princesa 2 a 0 Iranduba.

"Sei que eu erro muitos gols, eu admito. Mas eu quero ajudar muito minha equipe a se classificar e continuar jogando", disse Canutama ainda ofegante após a partida.

Princesa

Rascifran; Clemilton, Lídio, He-mam, e Alberto; Rondinelle, Michel, Israel e Fininho, Branco e Charles.

Técnico: Marcos Piter

Iranduba

Galvão; Victor, Éder e Batista; Nailson, Rogério Pedra, Juninho, Tiago e Neneca; Talles e Carlos Henrique.

Técnico: Sérgio Duarte

Estádio: Gilberto Mestrinho Motivo: Amazonense

Arbitragem

Francinei Fernandes (ábitro)


Fast vira bonito fora de casa

Jogando no estádio Valdomiro Gusmão, em Manaquiri – a 65 quilômetros de Manaus, o Manaus FC perdeu de virada parta o Fast por 4 a 3 na tarde deste sábado (15). O resultado fez com que o Fast somasse 9 pontos no Grupo A, tornando-se o 1º time a se classificar por antecipação para a semifinal do torneio.

Rosembrick e Carlinhos Bala marcaram dois gols cada um para o Colosso do Norte. Já Juninho Cearense, Marinho e Quitó marcaram os tentos da revelação do torneio, o Manaus FC. O Gavião no Norte ocupa a 4º colocação do Grupo A com dois pontos ganhos.

Empate em Borba

O Nacional Borbense bem que saiu na frente do Penarol jogando no estádio Gerdilson Bentes, em Borba, a 150 quilômetros de Manaus, mas permitiu o empate dos visitantes. A partida foi disputada e os gols só saíram no 2º tempo. Daniel Alemão abriu o placar para o Borbense, mas Ramon descontou para o Penarol.

Último jogo da rodada

Nacional e São Raimundo se enfrentam neste domingo (16), em Manacapuru, no quarto e último jogo da terceira rodada do Cameponato Amazonense 2014.

CONFIRA GALERIA DE IMAGENS AQUI