Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Revelação do futebol americano assume sua homossexualidade

Michael Sam atua na linha de defesa da modalidade e é o primeiro jogador assumidamente gay a estar na National Football Legue (NFL). Ele deve assinar contrato com alguma equipe da liga após se formar em dezembro

Michael Sam é cotado para ser um dos primeiros jogadores a ser escolhido no chamado 'draft', onde cada equipe profissional da NFL escolhe entre um grupo de jogadores jovens, os mais talentosos

Michael Sam é cotado para ser um dos primeiros jogadores a ser escolhido no chamado 'draft', onde cada equipe profissional da NFL escolhe entre um grupo de jogadores jovens, os mais talentosos (Reprodução)

Michael Sam, astro do futebol americano universitário e cotado para ser uma das grandes estrelas profissionais do esporte na próxima temporada, declarou ser homossexual, em um vídeo divulgado no último domingo (9) pelo jornal The New York Times. Ele pode se tornar assim o primeiro jogador assumidamente gay da liga profissional de futebol americano dos Estados Unidos, a NFL.

"Sou Michael Sam. Sou um jogador de futebol (americano) e sou gay", disse Sam, que joga na defesa. "Quero apenas possuir minha própria verdade antes que alguém revele uma história a meu respeito."

Organizações de apoio aos homossexuais elogiaram a revelação feita por Sam. Sarah Kate Ellis, presidente da entidade Glaad, disse que o jogador "reescreveu o roteiro para incontáveis jovens atletas".


"Com a aceitação de pessoas LGBT crescendo em nossas terras - nas nossas escolas, igrejas e locais de trabalho -, está claro que a América está pronta para um astro do futebol abertamente gay", disse ela em nota.

A NFL colocou em seu site um comunicado dizendo admirar "a honestidade e a coragem" do jogador, de 24 anos. "Qualquer outro jogador com capacidade e determinação pode fazer sucesso na NFL. Estamos ansiosos por recepcionarmos e apoiarmos Sam em 2014."

O atleta deve ser recrutado por um time da liga e tornar-se profissional depois de se formar em dezembro na Universidade do Missouri, onde atuava na equipe da universidade, o Mizzou Tigers.