Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Brasil goleia Panamá no 1º teste antes da Copa do Mundo

A seleção brasileira venceu o amistoso contra a equipe do Panamá pelo placar de 4 a 0 com gols de Hulk, Willian, Dani Alves e Neymar. O próximo compromisso do Brasil antes da Copa será contra a Sérvia, na sexta-feira (6)

Neymar comemora após marcar um golaço

Neymar comemora após marcar um golaço (Reprodução)

Saiu tudo como o planejado no primeiro teste da Seleção Brasileira após a concentração para a Copa do Mundo de 2014. Quatro gols, nenhuma baixa por lesão, time envolvente e sintonia com a torcida, que lotou o Estádio Serra Dourada. Neymar, Daniel Alves, Hulk e Willian marcaram no 4 a 0 em cima do Panamá neste final de tarde de terça-feira em Goiânia.

Até que demorou um pouquinho para o Brasil abrir o placar. Mas quando a rede balançou, ninguém no Estádio Serra Dourada, ou mesmo de frente para a televisão, sentiu que perdeu por esperar. Pelo contrário. O primeiro gol brasileiro contra o Panamá, aos 26 minutos, foi uma pintura. Neymar, que havia sofrido falta na entrada da área, cobrou com perfeição e achou o ângulo adversário. Como diz o ditado: "lá onde a coruja dorme".

Depois disso, o domínio brasileiro na partida já deixava claro que uma chuva de gols viria pela frente. E a sequência não deixou a peteca cair no quesito beleza. Daniel Alves, por exemplo, mostrou ter recursos de sobra para definir as jogadas ao marcar o 2 a 0. Com o biquinho da chuteira, da entrada da área, o lateral tocou com classe para balançar as redes. Sem chances para o goleiro McFarlane.

O Brasil voltou para o segundo tempo com algumas alterações. Maicon e Maxwell entraram nas duas laterais substituindo Daniel Alves e Marcelo, respectivamente. Felipão também pôs Hernanes no lugar de Ramires. Antes mesmo que o público pudesse ter certeza das mudanças, outro golaço. Desta vez, Neymar foi garçom. De calcanhar, ele achou Hulk, que manteve o nível de qualidade na prateleira de cima. Com classe, de três dedos, ele apenas deslocou o goleiro e fez o terceiro.

Depois de mais algumas substituições, uma dessas peças que entrou mostrou que dá conta do recado muito bem. Um lance trabalhado de pé em pé, que começou na direita com Hernanes e foi parar nos pés de Maxwell lá na esquerda, terminou com o toque sutil de Willian para o fundo das redes.

Brasil

Julio Cesar, Daniel Alves (Maicon), David Luiz (c) (Henrique), Dante e Marcelo (Maxwell); Luiz Gustavo, Ramires (Hernanes) e Oscar (Willian); Hulk, Fred (Jô) e Neymar.



*Com informações da assessoria da CBF