Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Mais um operário morre em obra para a Copa; Valcke se solidariza via twitter

Um operário morreu eletrocutado após um acidente na Arena Pantanal, em Mato Grosso, uma das obras mais atrasadas da Copa do Mundo no Brasil. Mohamad Ali Maciel Afonso foi a 9º morte contabilizada

Arena Pantanal custou 570 milhões de reais e teve início em abril de 2010 com a demolição do antigo Verdão

Arena Pantanal custou 570 milhões de reais e teve início em abril de 2010 com a demolição do antigo Verdão (Reprodução)

Um operário que trabalhava na Arena Pantanal, em Cuiabá (MT), estádio que vai receber jogos da Copa do Mundo, morreu eletrocutado, nesta quinta-feira (8), por volta do meio-dia, horário local. A morte de Maciel é a 9º contabilizada desde o início da construção dos estádios no Brasil para a Copa.

Mohamed Ali Maciel, de 32 anos, aparentemente estava arrumando dutos de energia do corredor que vai para os camarotes quando sofreu uma descarga elétrica, segundo informou a assessoria de imprensa da Secretaria Extraordinária da Copa do Mundo Fifa de Mato Grosso.

O operário sofreu uma parada cardiorespiratória e chegou a ser atendido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) no próprio estádio, mas não resistiu. O corpo ainda está no local do acidente, onde está sendo feita a perícia.

Segundo a assessoria, Mohamed trabalhava para a Etel, empresa que faz parte do consórcio responsável pelas telecomunicações no estádio, e estava usando os equipamentos de segurança no momento do acidente. Apesar da morte, as obras continuam. Foram suspensos apenas os trabalhos na área onde aconteceu a morte.

Mohamed Ali Maciel é o nono operário morto em obras de estádios para a Copa do Mundo de 2014. Arenas localizadas em Brasília, Manaus e São Paulo também registraram mortes de trabalhadores. A Arena Pantanal vai sediar a partida entre Chile e Austrália pelo Mundial de futebol, no dia 13 de junho.

Valcke lamenta


O secretário executivo da Fifa, Jérôme Valcke se manifestou, por meio de sua conta pessoal no microblog Twitter, lamentando a morte do operário. “Triste pela morte do trabalhador Muhammad’Ali Afonso na Arena Pantanal hoje. Meus pensamentos estão com a sua família e colegas”, disse Valcke em mensagem postada nos idiomas inglês e português.