Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

F1: Hamilton faz melhor tempo no treino livre; Massa fica em 12º

No treino livre antes do GP da Austrália, o primeiro do ano, quem se deu melhor doi Lewis Hamilton que fez o tempo de 1min29s625. Felipe Massa, que vinha se dando melhor nos testes com a Williams fez apenas o 12º melhor tempo


Felipe Massa é um dos favoritos ao título da temporada dirigindo sua Williams na 'nova' Formula 1

Felipe Massa é um dos favoritos ao título da temporada dirigindo sua Williams na 'nova' Formula 1 (Reprodução)

Lewis Hamilton conferiu certa credibilidade à badalação em torno da Mercedes ao fazer o tempo mais rápido do treino livre desta sexta-feira (14) para o GP da Austrália, primeira prova da temporada, quando as equipes ainda enfrentaram problemas de confiabilidade dos seus carros. O brasileiro Felipe Massa fez o 12º melhor tempo com a sua Williams.

Hamilton, campeão mundial de 2008 pela McLaren, não marcou tempo na primeira sessão do treino por causa de um problema em um sensor, mas liderou na segunda parte, com o tempo de 1min29s625, num dia ensolarado no Albert Park.

Seu colega de equipe Nico Rosberg foi 0s157 mais lento, mostrando que a Mercedes manteve o ritmo promissor que prenunciava nos testes de pré-temporada dos últimos meses.

"Eu estava tentando sentir o carro", disse Hamilton a jornalistas, lamentando o problema na primeira sessão. "Não foi o dia mais perfeito, mas estou realmente contente por ter feito uma boa série na segunda parte, e grato mesmo por ter tido algum tempo para sentir o carro."

"Ainda tenho muito para melhorar, muito para descobrir. Fora isso, o equilíbrio não parece tão ruim", afirmou.

Dificuldade de adaptação

Durante a pré-temporada, as equipes tiveram dificuldades para se adaptar aos novos motores híbridos turbo, e isso prosseguiu durante o primeiro treino, quando se via os pilotos ociosos por muito tempo nos boxes, enquanto os técnicos mexiam freneticamente nos carros.

Dentro da pista, vários pilotos pareciam lutar contra o torque extra e com a força descendente dos novos motores V6, com muitas derrapadas nas curvas.

Fernando Alonso lidou com isso melhor do que os outros, fazendo o melhor tempo da primeira sessão (1min31s840) e fechando o dia em terceiro lugar.

O tetracampeão Sebastian Vettel derrapou algumas vezes, chegou a ir parar na grama, mas terminou o dia num animador quarto lugar, depois de enfrentar uma péssima pré-temporada com a Red Bull.

Jenson Button, da McLaren, ficou em quinto, à frente de outro piloto da Red Bull, Paul Ricciardo. Kimi Raikkonen, reestreando na Ferrari, precisou voltar aos boxes por problemas mecânicos, mas acabou saindo à pista e marcou o sétimo tempo.