Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Sport Recife e Vasco fazem final da Copa Beach Soccer

A equipe pernambucana do Sport Recife derrotou o Flamengo por 5 a 3, e o Vasco da Gama venceu o Vila Velha por 3 a 1 nas semifinais disputadas neste sábado (29) na Ponta Negra

Vasco superou o Vila Velha e fará a final contra o Sport Recife, que venceu o Flamengo

Vasco superou o Vila Velha e fará a final contra o Sport Recife, que venceu o Flamengo (Antonio Lima)

O Complexo Turístico da Ponta Negra recebeu neste sábado (29) a semifinal da 4 Copa Brasil de Beach Soccer com o entrave entre  Flamengo X Sport  Recife e Vasco X Vila Velha.  Pela disputa, Sport Recife (PE) e Vasco (RJ) se classificaram para disputar a final deste sábado (30) a partir das 8h.  Agora, a pergunta que fica no ar é quem vai levantar a taça? De um lado, o time pernambucano que ainda não conquistou nenhum torneio e do outro o time carioca, que se vencer será bicampeão do evento promovido pela Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Juventude, Esporte e Lazer (Semjel).

“Nós estamos confiantes em fazer uma boa partida amanhã. Vamos enfrentar uma excelente equipe, que é o Sport, e tem uma das melhores equipes. Não vai ser fácil, mas vamos vir com sede do bi. Convoco nossos torcedores para dar aquele apoio amanhã e para comemorar”, disse o técnico do Vasco, Léo Braga.

Final

8h – Flamengo x Vila Velha

9h15 – Vasco X Sport Recife

Sport Recife 5 x 3 Flamengo

O Flamengo (RJ) deu adeus ao sonho de ser bicampeão da 4ª Copa Brasil de Beach Soccer, neste sábado, dia 29, ao ser derrotado por 5 a 3 pelo Sport Recife (PE).

O primeiro jogo do dia começou equilibrado, com a placar abrindo somente aos 40 minutos para o termino do primeiro período quando Dino Tambaú abriu o placar para o Flamengo.

Já no segundo período, o time pernambucano se encontrou e começou a ganhar mais espaço. Desta forma, logo aos 4’45”, Dieguinho  empatou a partida e em seguida, aos 5’48”, seu companheiro de equipe Andrezinho aumentou para o Sport. Juninho, aos 11’32’’, fez o terceiro gol para o Sport, deixando o Leão da Ilha mais próximo de disputar o titulo. 

No início do terceiro período, aos 2’33”, Juninho numa bicicleta espetacular fez o quarto do Sport.  Aos 4’42,  o time Rubro-Negro “acordou” e André diminuiu a diferença para 4 a 2.

Porem, numa jogada individual aos 9'19",  mais uma vez Andrezinho, do Sport, marcou e selou a vaga da equipe na final. Bruno Malias, do Flamengo, ainda fez o terceiro para o rubro-negro aos 10'36", mas já era tarde. E o placar fechou em Sport Recife 5 x 3 Flamengo.

Vasco 3 x Vila Velha 1

Na segunda partida do dia estava em jogo quem disputaria o titulo com o Sport Recife: Vila Velha (ES), que nunca levantou a taca, ou o Vasco (RJ), que em 2012 sagrou-se campeão depois de superar o Sampaio Correa. A melhor quem levou foi o Gigante da Colina, que venceu a equipe do Espírito Santo nos pênaltis por 3 a 1, depois de um jogo em tempo normal de 3 a 3 e prorrogação 0 a 0.

O Vila Velha começou o primeiro período abrindo o placar aos 7’, com um gol de Camilo. Doze minutos depois, Lucao aproveitou um passe e de bicicleta marcou o primeiro para o Vasco. Aos 11’ foi a vez do camisa 4 do Vila, Leandrao, encher a rede e aumentar para o time do Espírito Santo, marcando 2 a 1.

No segundo período, o jogo começou mais trancado. Desta forma, a rede só voltou a estufar aos 9’02’’, com o gol do craque Jorginho, que empatou para o Vasco. Faltando 5’’ segundos para o termino do segundo tempo, Mauricinho virou para o Vasco e marcou 3 a 2.

No terceiro período, o Vila reagiu aos 2’17’’ e com um golaço de Dinho o jogo empatou em 3 a 3.

Na prorrogação, de 3 minutos, o jogo ficou em 0 a 0. Nos pênaltis, o Vasco sobressaiu  nos pênaltis com gols de Lucao, Igor, e Bokinha. O Vila desperdiçou a primeira cobrança com Anderson Wesley e Dinho marcou para o time do ES. Resultado: 3 a 1 para o Gigante da Colina.