Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Brasil supera tensão da estreia e vence Croácia

Em jogo histórico, o Brasil sofreu para vencer o forte time da Croácia por 3 a 1. O placar não refletiu a dificuldade que o time do Brasil enfrentou: saiu perdendo com um gol contra de Marcelo, viu Neymar marcar dois gols e Oscar fechar a conta com um golaço de bico

Lances do jogo entre Brasil e Croácia

Lances do jogo entre Brasil e Croácia (Clóvis Miranda)

O Brasil venceu a Croácia na tarde desta quinta-feira (12) pelo placar de 3 a 1, na abertura da Copa do Mundo, no estádio Arena Corinthians, o ‘Itaquerão’, em São Paulo. Mas o resultado da partida diz pouco sobre o jogo, muito disputado e, em muitos momentos, com domínio da equipe croata, que assustou o Brasil desde o começo da partida.

Nervosos na estreia, os jogadores brasileiros erraram muito na troca de passes, principalmente na primeira etapa da partida. Com o controle de meio campo, comandado por um indefectível Modric, a Croácia investia nos espaços abertos das laterais brasileiras, principalmente a direita.

Gol contra

Foi por ali que saiu o primeiro gol da partida. Com uma avenida pela frente, Olic entrou na brecha deixada por Daniel Alves e cruzou para área, onde Jevalic resvalou na bola e Marcelo acabou a colocando para dentro, aos 10 minutos no primeiro tempo.

O gol espertou o Brasil, que melhorou e chegou melhor ao ataque. Uma vez com Paulinho e outra com Oscar, após bela jogada de Neymar. E foi justamente do camisa 10 o início da reação brasileira. Após boa roubada de bola de Oscar. Com um chute de perna esquerda, ele empatou o jogo para o Brasil aos 25 min.

Virada após simulação de Fred

No segundo tempo, o Brasil se portou melhor em campo, mas ainda errava muito. Felipão tirou Hulk e colocou Bernard, que deu mais movimentação pela esquerda. Também sacou Paulinho e pôs Hernanes, organizando melhor o meio campo.

Em grande partida, Oscar fazia boas jogadas pela direita e, em uma delas, cruzou para Fred, que foi puxado na área: pânalti. Neymar bate e empata a partida para o Brasil aos 25 minutos do segundo tempo.

Até o fim do jogo, a partida ficou ainda mais equilibrada, mas o desespero croata abriu espaços para o Brasil. Em bela jogada individual em um desses contra-ataques, Oscar marcou um bonito gol, ao estilo artilheiro, de bico, e deu tranquilidade para o apito final do juiz japonês.

O Brasil não jogou tudo o que sabe, mas estreou mostrando poder de recuperação e provando que, mesmo sem jogar tudo o que sabe, ainda é capaz de vencer uma boa equipe como a Croácia. 

Brasil

Júlio César; Daniel Alves, Thiago Silva, David Luiz e Marcelo; Luiz Gustavo, Paulinho (Hernanes, aos 17 min. do 2°t) e Oscar; Neymar (Ramires, aos 43 min. do 2°t), Hulk (Bernard, aos 23 min. do 2°t) e Fred

Técnico: Luiz Felipe Scolari

Croácia

Pletikosa; Srna, Corluka, Lovren e Vrsaljko; Perisic, Kovavic (Brozovic, aos 15 min. do 2°t) , Rakitic e Modric; Olic e Jelavic (Rebic, aos33 min. do 2°t)

Técnico: Niko Kovac

Trio de arbitragem

Yushi Nishimura (árbitro), Toru Sagara (auxiliar) e Toshiyuki Nagi (auxiliar).

Público: 62.103 pessoas.

Cartões amarelos: Neymar, aos 25 min. do 1°t, e Luiz gustavo, aos 45 min. do 2°t (Brasil); Corluka, aos 19 min. do 2°t, e Lovren, aos 28 min. do 2°t (Croácia).

Gols: Marcelo (contra), aos 10 min. do 1°t (Croácia); Neymar, aos 28 min. do 1°t e aos 25 min. do 2°t, e Oscar, aos 45 min. do 2°t (Brasil).



**Leia mais sobre o pós jogo da Seleção no caderno CRAQUE do Jornal A CRÍTICA de sexta-feira (13)