Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Hummels dá vitória para Alemanha contra a França

Jogando de maneira fria e objetiva, com precisão cirurgica, a Alemanha venceu a França e despachou os Bleus para Paris mais cedo

Hummels foi preciso em seu arremate de cabeça

Hummels foi preciso em seu arremate de cabeça (Bruno Kelly)

Com um gol do zagueiro Mats Hummels, a Alemanha superou a França nesta sexta-feira (4) no Maracanã, e avançou para as semifinais da Copa do Mundo pela quarta vez consecutiva, embora desde 1990 não levante a taça mais desejada do futebol mundial.

O herói da classificação alemã voltou ao elenco titular do técnico Joaquim Löw após ter se recuperado de uma forte gripe, que o deixou de fora da última partida, contra a Argélia. O gol de Hummels foi marcado ainda aos 12 minutos, após cobrança de falta na área.

A Alemanha dominou a partida, por meio do controle de bola do meio campo liderado por Toni Kroos e Ozil. O técnico germânico finalmente ouviu seus críticos e recolocou o capitão Philipp Lahm em sua posição de origem, a lateral direita.

Já o meia Mesut Ösil, polivalente, se movimentava de uma lateral a outra e prejudicava a organização da defesa francesa. Mais consistente, a Alemanha criou boas oportunidades, mas não conseguiu convertê-las em gol.

 A França apareceu mais no segundo tempo, o que abriu sua defesa ao contra-ataque adversário e por pouco não sofreu mais um gol. Bem marcado, Pogba não teve muita chance de deixar os companheiros em posição de marcar.

Quando o fez, a França chegou com perigo, mas o goleiro Neuer, considerado por muitos o melhor do mundo na posição, estava lá para dar segurança à torcida alemã, até o último minuto. Literalmente.

É que, nos acréscimos da partida, o atacante Karin Benzema recebeu boa bola na ponta esquerda da grande área, avançou pela linha de fundo e chutou de esquerda, mas o goleirão alemão defendeu, sem pulo, com uma mão, e pôs fim ao sonho do bicampeonato francês.

Agora, a Alemanha enfrenta o vencedor do confronto entre Brasil e Colômbia, que acontece às 16 horas de Manaus, na Arena Castelão, em Fortaleza.

Confronto histórico

França e Alemanha agora têm quatro confrontos da história das Copas do Mundo. Uma vitória francesa (1958), duas alemães (a outra foi em 1986), e apenas um empate (1986), em que a classificação, decidida nos pênaltis, ficou para os germânicos.

**Leia mais na edição de sábado (5) no Jornal A CRÍTICA