Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Nacional avança para as quartas de final da Copa Verde

Em partida emocionante, o Nacional venceu op Plácido de Castro com uma vitória simples de 1 a 0 e agora espera por Remo ou Paragominas

Jogadores do Ncional comemoraram o gol da vitória contra o Plácido

Jogadores do Ncional comemoraram o gol da vitória contra o Plácido (Reprodução)

O Nacional recebeu o Plácido de Castro para o jogo de volta da Copa Verde nesta quarta-feira (19) no estádio Gilbertão, em Manacapuru, Região Metropolitana de Manaus. Precisando de uma vitória simples para se classificar, o Leão da Vila Municipal venceu por 1 a 0 e avançou para as quartas de final na competição.

Agora, o Nacional espera pelo vencedor do confronto entre Remo e Paragominas-PA que se enfrentam na noite de quinta-feira (20). O Remo tem a vantagem por ter superado o Paragominas por 2 a 1 no jogo de ida.

O Princesa do Solimões também tentará uma vaga nas quartas na noite desta quarta-feira (19) contra o Santos-AP em partida disputada em Macapá.

O jogo

As duas equipes iniciaram o jogo com vontade, mas foram pouco eficientes nas finalizações. Mesmo jogando fora de casa o Plácido se mostrou solto em campo e respondia às investidas de ataque do Leão.

O gol da vitória saiu apenas na segunda etapa de partida com João Douglas, que havia entrado no lugar de Fabiano 15 minutos antes de marcar. Aos 34 minutos o jogador marcou o gol da vitória e da classificação. O árbitro ainda advertiu o herói do Naça com um cartão amarelo por ele ter tirado a camisa durante a comemoração.

Nacional

Jairo; Daylson, Índio, Rodrigão, Fabinho; Negretti, Ramon, Chapinha, Jeferson Recife; Fabiano e Éder.

Técnico: Francisco Diá.

Plácido de Castro

Darlan; Íris, Gilson, Gato e Zagalo; Rogério, Zé Nilton, Renatinho e Gustavo (Neto); Renan Plácido e Sandro Goiano.

Técnico: Carlinhos Minaçu.

Trio de arbitragem

Arnildo Lino dos Santos (árbitro), Antonio Fernando de Sousa (auxiliar) e Nilton Pereira da Silva (auxiliar).