Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Marquinhos Píter é demitido do comando do Princesa do Solimões

O técnico se disse agradecido pela oportunidade de realizar o trabalho no clube e avisou "É só o começo do Marquinhos Píter no futebol"

Marquinhos Píter comemora a vitória do time contra o Brasiliense por 3 a 1

Marquinhos Píter comemora a vitória do time contra o Brasiliense por 3 a 1 (Evandro Seixas)

Marquinhos Píter não é mais o técnico do Princesa do Solimões. Ele foi demitido pela diretoria do clube no início da tarde desta segunda-feira (26), após reunião na sede do clube em Manacapuru – a 84 quilômetros de Manaus.

“Quando estava na rouparia, o Barbosa e Raphael Maddy (diretor de futebol do time) me chamaram para conversar, por volta de 13h. Me agradeceram pelo trabalho realizado no time, disseram que não me culpavam pela perda do título estadual deste ano e disseram que não iriam mais contar com o meu trabalho. Foi uma conversa amigável”, disse Píter por telefone.

Sem mágoas da equipe, o treinador disse que apesar de amigável, não entendeu bem o motivo de seu desligamento. “Eu realmente não entendo. Se eu estava fazendo um trabalho que eles reconheceram como 'bom', por que me mandar embora? Dá gosto de ver o Princesa jogar, um time bem armado e difícil de ser batido”, questionou.

Com 40 anos de idade, Píter conquistou o Campeonato Amazonas de Futebol em 2013 – quando também foi escolhido o melhor técnico da competição -, e chegou ao vice-campeonato deste ano. “Fui o treinador que levou o Princesa à disputa da Série D, da Copa Verde e da Copa do Brasil. Fiz grandes jogos contra o Paysandu e o Santos, calei a boca de muita gente”, relembrou Píter.

A reportagem tentou entrar em contato com o diretor de futebol do clube, Raphael Maddy, pelo telefone (92) 9xxx-7xx0 mas não obteve resposta.

Descanso

Sobre um novo trabalho, o treinador desconversa. Ele afirma que no momento só pensa em poder curtir um tempo livre com a esposa.

“Quero ficar mais tempo com a minha esposa e com meu filho. Ela me disse que sou um vencedor e está aliviada por que agora vou poder ficar mais tempo em casa. Vou continuar estudando pela internet e assistindo a jogos para me aprimorar ainda mais como técnico. É só o começo do Marquinhos Píter no futebol”, finalizou.

O Princesa do Solimões estreia no dia 20 de julho na série D do Campeonato Brasileiro contra o Rio Branco do Acre.

*Leia mais na edição de terça-feira (27) do Jornal A CRÍTICA