Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Eurico Miranda oficializa campanha para presidência do Vasco da Gama

’10.000 vascaínos em 10 dias. Como assim os vascaínos não querem voltar ao passado?’, diz a página oficial de Eurico Miranda, em referência às curtidas que recebeu no Facebook

Em vídeo divulgado em sua página oficial de campanha na rede social Facebook, Eurico Miranda oficializou sua candidatura à presidência do Clube de Regatas Vasco da Gama na tarde desta segunda-feira (20). Repleta de postagens provocativas contra desafetos, a página é um espelho do perfil polêmico do ex-cartola.

Eurico deve enfrentar seu desafeto e eterno ídolo do Vasco da Gama, Roberto Dinamite, o atual presidente que irá tentar a reeleição. A data para o pleito ainda não confirmada pela instituição, podendo acontecer somente no 2º semestre.

“O Vasco não suporta mais aventuras, o Vasco não suporta mais três anos de humilhação, subserviência e de uma posição secundária. Daqui para frente vamos nos falar cada vez mais. Saudações vascaínas", diz Miranda no vídeo gravado aos seus eleitores.

Apesar de ter sido oficializada somente nesta segunda-feira (20) Eurico Miranda já vem trabalhando nos bastidores para costurar alianças com possíveis aliados que possam tornar viável sua volta à São Januário. De acordo com o site UOL Esportes, o ex mandatário tem realizado intensas reuniões para a formação de sua chapa.

Polêmico

Amado por uns e odiado por outros, Eurico Ângelo de Oliveira Miranda esteve envolvido com a diretoria do Vasco da Gama desde a década de 1980. Apesar de ser vice-presidente durante os anos 90, era ele quem tomava as decisões mais importantes na gerência do futebol.

Sob sua tutela, levou o Vasco a uma de suas fases mais vitoriosas, sendo: campeão brasileiro, campeão da Copa Libertadores da América e vice-campeão mundial.

Em 2000 foi eleito presidente do clube, cargo que ocupou até 2008, após o conselho deliberativo do Vasco conseguir anulação da última eleição realizada em 2006 por suspeita de fraude nas urnas.