Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Humor e futebol: paixão nacional para não perder a piada

Criada há apenas 12 dias, página humorística sobre futebol amazonense já é sucesso no Facebook


Marcelo Serudo Estudante de 22 anos criou página há 12 dias, mas já contabiliza série de postagens hilárias

Marcelo Serudo Estudante de 22 anos criou página há 12 dias, mas já contabiliza série de postagens hilárias (Evandro Seixas e Romahs (arte))

Assim como o futebol, o bom humor também é uma vocação brasileira. Afinal, nosso esporte favotiro teria menos “graça” se não pudéssemos “zoar” com os amigos que torcem para o time rival. Essa “zoeira”, potencializada nas redes sociais, em particular o Facebook, está ganhando cada vez mais adeptos no mundo digital e já tem até a sua versão especial para o futebol amazonense.

Trata-se do “Barezão da Depressão”, página de humor inspirada na linguagem satírica das redes sociais, mas com enfoque exclusivo nos times do futebol local. O nome faz alusão a conhecidas páginas de humor na rede, como “Sociologia da Depressão” e “Manaus da Depresão”. Criada por Marcelo Serudo, torcedor do Penarol, a fanpage não dispensa nem o time de coração do estudante de Direito de 22 anos.

“Triste daquele que não sabe rir de si mesmo”, diz Marcelo, que é irmão da presidente do clube de Itacoatiara, Patrícia Serudo. “Ela é muito séria e ainda mais agora, que está muito envolvida com o campeonato (Amazonense), mas às vezes até ela pára e dá risada com os posts, e ainda dá sugestão”, “entrega” ele, que no entanto, sabe equilibrar o bom humor das piadas com, digamos, consciência diplomática.

É que, embora se utilize de umas e outras alfinetadas nos percalços e micos do futebol da “barelândia”, nos posts humorísticos criados por Marcelo, não são apenas as piadas depreciativas que ganham espaço. Em muitos momentos, a brincadeira eleva o moral das equipes locais. “Tem que ter muita diplomacia pra não deixar todo mundo p...”, explica o jovem. “A gente também elogia a torcida, o time...”, diz.

Segundas intenções

Segundo Marcelo, a intenção ao criar o “Barezão da Depressão” no Facebook era de chamar atenção dos torcedores dos times locais, a fim de fomentar a discussão – e a “zoeira”, claro – em torno do futebol amazonense. Por outro lado, o conteúdo busca também atrair novos torcedores, que possam se identificar com o universo futebolístico regional.


“Uma das minhas intenções era fazer as pessoas que já curtem nosso futebol rirem, da mesma forma que as pessoas que não tem time (local) se interessassem também. Essa página pode ser um atrativo pra essas pessoas que às vezes não sabem nem os nomes dos nossos times”, afirma. E você, leitor, já deu sua curtida?

Entrevista com Marcelo Serudo

1 Qual foi sua inspiração para criar a página?

Eu me inspirei em alguma páginas do sul e sudeste, que satirizam acontecimentos do futebol, como tapetão, rebaixamento... e vi que não tinha nenhuma dessas no Amazonas, então resolvi criar.

2 Você acaba atraindo a atenção de pessoas que estão envolvidas com futebol local: torcedores, atletas, técnicos, dirigentes... qual a repercussão da página no meio futebolístico?

Eu já vi que um técnico curtiu, alguns jogadores também.. mas ainda não dá pra saber se a repercussão é positiva ou negativa. Se se um dia virar moda, se consagrar a página, acho que os jogadores, por serem jovens, vão curtir bastante.

3 Como entusiasta do futebol amazonense, como você o vê nos dias de hoje?

Já vivemos dias muito melhroes, mas acho que estamos num momento legal. Acho que podemos fazer as pessoas se apaixonarem pelos nossos clubes e, com os estádios novos, acho que os clubes só tem a ganhar.