Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Azzurra vence Fluminense em partida com oito gols

A Itália venceu o Fluminense por 5 a 3 em amistoso de preparação da Azzurra para a Copa do Mundo no Brasil. Destaques da partida,  Immobile e Insigne foram os melhores jogadores em campo

O Flu chegou a jogar de igual para igual no primeiro tempo, mas se descuidou na etapa final

O Flu chegou a jogar de igual para igual no primeiro tempo, mas se descuidou na etapa final (Divulgação Fluminense)

O Fluminense chegou a empatar a partida por duas vezes contra a esquadra Azzurra mas não teve como conter os italianos. Sofrendo três gols em três minutos no segundo tempo, o time de Cristóvão Borges saiu derrotado por 5 a 3 pela Itália em amistoso disputado neste domingo (8) no Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda.

O primeiro tempo foi para ficar na memória dos torcedores do Fluminense por muito tempo. O time de Cristóvão Borges não se intimidou diante da seleção tetracampeã mundial e deu trabalho.

Em uma bobeada do sistema defensivo do Fluminense, Immobile deu a assistência para Insigne rolar para o gol vazio e abrir o placar para os italianos. Mas o Flu logo deu o troco, com Chiquinho, que aproveitou o cruzamento de Gustavo Scarpa para apenas escorar.

O jogo ficou aberto e a Itália novamente, em vantagem. Immobile desviou de cabeça a cobrança de falta de Insigne e acertou o ângulo de Felipe Garcia, que nada pôde fazer. Porém, o filme se repetiu e não demorou para o Tricolor deixar tudo igual: Carlinhos tabelou com Walter, entrou na área e chutou com força. O goleiro Perin contribuiu e a melhor torcida começou a gritar “olé” nas arquibancadas.

O segundo tempo começou e em apenas três minutos o Fluminense viu a Azzurra marcar três vezes – duas vezes com Immobile e uma com Insigne. Os dois jogadores, definitivamente, foram os destaques da partida.

Foi quando, aos 16 minutos, o técnico Cesare Prandelli resolveu mexer aos montes no time italiano, colocando praticamente todos os titulares em campo. Mas foi uma mexida de Cristóvão Borges que deu resltado imediato. Matheus Carvalho, que acabara de entrar no lugar de Gustavo Scarpa, acertou um lindo chute da entrada da área, sem dar chances de defesa a Mirante.

O mesmo Matheus Carvalho quase fez um golaço de letra no fim da partida, após cruzamento de Biro Biro. E o goleiro Felipe Garcia ainda teve a honra de defender uma cobrança de falta do experiente e consagrado Pirlo.

O resultado não foi o que o torcedor nem o time tricolor esperavam, mas o Fluminense mostrou sua força diante de uma das principais seleções do planeta. Agora, enquanto a Itália disputará a Copa do Mundo, os jogadores do Flu entrarão em recesso de duas semanas do Campeonato Brasleiro e Copa do Brasil.

Renda e Público: R$ 1.322.050,00 / 15.780 pagantes/17.023 presentes

Gols

Insigne (22`/1ºT), Chiquinho (25`/1ºT), Immobile (30`/1ºT), Carlinhos (36`/1ºT); Immobile (7`/2ºT), Immobile (9`/2ºT), Insigne (10`/2ºT) e Matheus Carvalho (18`/2ºT).

Fluminense

Felipe Garcia, Bruno, Gum (Wellington Carvalho), Fabrício e Carlinhos; Diguinho, Jean, Chiquinho (Biro Biro) e Conca; Gustavo Scarpa (Matheus Carvalho) e Walter.

Técnico: Cristóvão Borges.

Itália

Perin (Mirante); Abate (De Sciglio), Ranocchia (Bonucci), Paletta (Barzagli) e Darmian; Thiago Motta (De Rossi), Parolo (Candreva) e Aquilani (Marchisio); Insigne (Cassano), Cerci (Pirlo) e Immobile (Balotelli).

Técnico: Cesare Prandelli.

Trio de arbitragem

Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (árbitro), Dibert Pedrosa (auxiliar) e Lilian Fernandes Bruno (auxiliar).

*Com informações da assessoria de comunicação do Fluminense