Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Princesa do Solimões e Nacional disputam a final do Campeonato Amazonense

O Nacional, do técnico Sinomar Naves, precisa vencer por três gols de diferença enquanto o Princesa, de Marcos Piter, pode ser bicampeão até perdendo por 2 a 0; transmissão está sendo feita pela TV A CRÍTICA e o Portal A Crítica acompanha a partida lance a lance

Hino do Brasil, interpretado pela cantora Márcia Siqueira, abre oficialmente a partida final do Amazonense 2014

Hino do Brasil, interpretado pela cantora Márcia Siqueira, abre oficialmente a partida final do Amazonense 2014 (Silas Laurentino)

O Nacional tinha a difícil missão de vencer por uma diferença de três gols, após o Princesa do Solimões abrir vantagem marcando 2 a 0 no primeiro jogo da final do Campeonato Amazonense. O Leão da Vila Municipal não só conseguiu atingir sua meta como ainda ampliou e levou o Campeonato Amazonense 2014 com um placar de 5 a 1! Veja abaixo os momentos mais importantes da disputa, marcada por brigas generalizadas entre atletas e torcedores.

1º Tempo

3'05 - O Naça começa procurando as laterais do campo, tentando cruzamentos na área do Princesa que se segura.

4'30 - Gooooooooooollll do Naçaaaa! O Leão abre o placar logo no começo de jogo. Bruno cobrando falta pelo lado esquerdo botou a bola direto no gol do Tubarão. Princesa reclama de falta do zagueiro Índio em cima do goleiro do Princesa. Amaral e Deurick receberam cartão amarelo por reclamação.

8'35 - Princesa marca, mas a bola cruzada por Fininho já havia saído. Mais confusão no jogo.

9'44 - Índio recebe amarelo após segurar Fininho, que partia em direção ao gol do Naça.

14'09 - Quase o segundo do Naça, Bruno rolou e Felipe Capixaba chutou sobre o gol do Tubarão.

16'45 - Confusão na zaga do Naça: após cruzamento na área, goleiro e zagueiros do Leão batem cabeça.

18'36 - Quaaaaaaseee o Naça amplia!! Capixaba chute porte, mas a bola passa ao lado do poste esquerdo do Princesa.


20'16 - Nando perde chance incrível após roubada de bola de Fininho. Princesa tá chegando!

25'16 - Capixaba de novo! Cruzamento na área e quase outro gol do Naça. O jogo tá pegado!

31'10 - Gooooooooolllllllll! É do Princesa! Lídio bate cruzado, forte, sem chance de defesa para o goleiro Vagner, após lançamento de Fininho. Tranquilidade pro Tubarão. O Naça vai ter de correr atrás novamente.


35'35 - Permanece o empate: 1 a 1. Rondinelli sai de maca após entrada mais forte. Partida dá uma acalmada após o gol do Tubarão.

38'24 - Defesa do Princesa dá espaço e Daylson chuta forte sobre o gol de Milton, do Princesa. Michel Parintins cai no gramado sentindo a coxa.

41'02 - Gooooooooooooolllllllllll do Nacional: 2 a 1. Léo Paraíba acertou de cabeça, após cruzamento de Rodrigão. Partida emocionante no Sesi. Ainda faltam dois gols pro Naça abocanhar a Taça.


42'10 - Substituição no Princesa. Não deu mais pra Michel: sentindo a virilha, o meia deu lugar ao volante Baé.

45'02 - Sobe a placa de acréscimo. Mais quatro minutos de jogo.

45'40 - Quaaaseeee! Negretti de cabeça perde gol feito. Naça vai pra cima no final do primeiro tempo. Se segura o Tubarão.

48'05 - Por muito pouco Éder não alcançõu a bola, apesar de ter se esticado todo. Continua  Naça 2 x 1 Princesa.

48'30 - Final do Primeiro Tempo. Confusão na saída do gramado entre as diretorias de Nacional e Princesa. Até o lutador de MMA Jones Torres partiu pra briga. Coisa feia no fim da primeira etapa. 


INTERVALO DE JOGO: Apresentação dos Bumbás Caprichoso e Garantido no gramado do estádio Roberto Simonsen. É dois pra lá e dois pra cá.

As equipes já estão no gramado. Nenhuma mudança nas equipes nos vestiários. Vamos pra etapa final.  


2º Tempo

1'15 - Lídio carimba a barreira do Nacional na primeira chance do segundo tempo do jogo.


6'13 - Após sobra de cruzamento, Índio teve ótima chance em sobra de bola, mas chutou sobre o gol de Milton. Segue 2 a 1 pro Naça.

10'05 - Gooooooooooollllllllll do Naça! Léo Paraíba de novo! Após cruzamento vindo do lado direito do ataque do Nacional, a bola cruzou toda a área do Tubarão e foi achar o atacante do Nacional, que só teve o trabalho de empurrar pras redes. Agora 3 pro Naça, 1 pro Princesa.


13'10 - He-man sai de maca e será substituido por Marinelson. Edinho Canutama à beira do gramado também vai entrar.

14'10 - Saiu Branco para entrada de Edinho Canutama. O Princesa já queimou as três substituições e parte pra cima do Naça.

18'12 -Substituição no Naça, sai o artilheiro Léo Paraíba contundido para entrada de João Douglas.

19'10 - Leonardo perde chance incrível! Após cruzamento na área, o atacante cabeceia pra fora. 

22'20 - Fininho faz jogadaça, mas não distribiu o jogo. Nando vai ao desespero. O Princesa acorda na partida!

23'30 - Negretti aparece sozinho na frente de Milton, mas o jogador do Leão estava impedido. O goleiro do Tubarão desaba e aproveita pra esfriar os brios do Leão.

27'07 - Uma boooomba de Baé passa perto do gol de Vagner, mas houve desvio. Lá vem o Tubarão pra cima do Naça. Cobrança de escanteio.

29'10 - Milton cai novamente na área do Princesa. O goleiro do Tubarão aproveita pra fazer "cera" e segurar o Naça, que voltou à carga. Falta um gol pro Leão da Vila Municipal levantar o 42º Barezão.

35'0 - O Naça se lança ao ataque e deixa espaços para os velozes Marinelson e Edinho Canutama. O final do jogo promete!

36'20 - Substituição no Nacional: sai Daylson e entra Nando.

37'58 - Gooooooooooolllllllllllllll! É do Naçaaaaaaa! João Douglas escorando o cruzamento. Torcida nacionalina vai à Loucura no Sesi!

41'10 - BRIGA GENERALIZADA! Coisa feia. Fininho começa a confusão. Cenas tristes no Sesi. Policiais adentram no gramado e tentam conter os atletas. 

43'45 - Leonardo está descordado! Sequência de socos e pontapés derrubaram o atleta do Naça, que levou golpes na cabeça. Muita gente no gramado! Confusão também nas arquibancadas. Torcida do Tubarão destruindo a entrada para o vestiário.


48'14 - A partida continua paralisada e as chances do árbitro Carlos Frutuoso encerrar o jogo é grande. Se isso acontecer, a Torcida do Nacional soltará o grito de "É Campeão".

52'59 - O árbitro Carlos Pequeno Frutuoso está esperando a polícia retirar as pessoas do gramado pra recomeçar a partida. Faltam 10 minutos de bola rolando, na contagem da arbitragem.

59'40 - Muita conversa e o árbitro do jogo vai expulsar o zagueiro Rodrigão, do Naça, e o meia Fininho, causador de toda essa confusão pelo lado do Princesa.

63'55 - E recomeça a partida depois de 23 minutos de paralisação.  

65'05 - O Naça joga com nove, após Leonardo ser levado ao Hospital João Lúcio para fazer exames. Sinomar já fez as 3 substituições que podia.

67'20 - Thiago Brandão perde gol feito. Vagner tira a bola com o olho! Princesa aperta, quer o título!

69'53 - Nããããõoo! Inacreditável a chance de gol que perdeu Capixaba! Sozinho embaixo das traves, ele desperdiça o gol do alívio.

74'15 - Goooooooooooooollllllllllllllllllll, é gooooooooooooooooooooooolllllllllllllllll, é do título, é de João Douglas! O Naça é Campeão Amazonense de 2014. Após o escanteio cobrado pelo time do Princesa, o Naça aproveita o contra-ataque e parte pra dentro do gol! Só não entrou com bola e tudo porque não quis!  É Campeão!! Explode a Torcida do Naça!!!

74'20 - Acabou! o árbitro Carlos Frutuoso, logo após o quinto gol do Naça apontou o meio de campo. Parabéns Torcida Nacionalina. O que parecia quase impossível aconteceu. O Nacional reverteu o placar que o obrigava a marcar 3 gols de diferença sobre o Tubarão e abocanhou título. O Barezão 2014 é do Naça. 

FINAL DE JOGO

- Torcida do Princesa do Solimões entra em confronto com a Polícia Militar. Muita confusão no estádio do Sesi.

- Profissionais da imprensa que combriam a partida sofrem replesálias por parte dos torcedores do Tubarão. Cabines de rádio e TV sendo depredadas. Triste atitude de parte da torcida de Manacapuru.