Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Timão vence líder Cruzeiro e volta ao G-4 no Brasileirão

O Timão sufocou o Cruzeiro no Canindé e saiu vencedor da partida pelo placar mínimo de 1 a 0. O próximo compromisso do Corinthians será o clássico contra o Botafogo

Guerrero arriscou chute de fora da área e o goleirão Fábio do Cruzeiro aceitou

Guerrero arriscou chute de fora da área e o goleirão Fábio do Cruzeiro aceitou (Reprodução)

O Corinthians venceu a segunda partida seguida no Campeonato Brasileiro de 2014. Desta vez, contra o líder da competição, o Cruzeiro, pelo placar de 1 a 0 na noite desta quarta-feira (28) no estádio do Canindé, em São Paulo, diante 17.784 torcedores. A partida foi válida pela 7º rodada do Brasileirão.

O resultado fez o Timão subir três posições na tabela e ficar na terceira colocação com 15 pontos conquistados. Mesmo com o revés fora de casa a Raposa continua na ponta com 16 pontos devido a derrota do Fluminense para o Atlético Mineiro por 2 a 0 nesta mesma rodada.

O Jogo

O Corinthians entrou em campo com a difícil missão de deter a forte equipe mineira. Os comandados de Mano Menezes conseguiram isso por meio de forte marcação que conseguiu impedir que os jogadores mais técnicos da Raposa atuassem como vinham jogando nas últimas partidas.

O gol saiu apenas no segundo tempo no tento de Guerrero, com uma grande ajuda do goleirão Fábio. Aos 22 minutos, Romarinho tocou para Paolo Guerrero que, de fora da área arriscou um chute que passou por Fábio. Corinthians 1 a 0.

Corinthians

Walter, Fagner, Cleber, Gil e Fábio Santos; Ralf, Bruno Henrique, Petros e Jadson; Romarinho e Guerrero.

Técnico: Mano Menezes

Cruzeiro

Fábio, Ceará, Léo, Bruno Rodrigo e Egídio; Willian Farias e Henrique; Éverton Ribeiro, Ricardo Goulart e Willian; Borges.

Técnico: Marcelo Oliveira

Trio de arbitragem

Dewson Fernando Freitas da Silva (árbitro), Rafael da Silva Alves (auxiliar) e Jose Eduardo Calza (auxiliar).

Renda R$ 546 mil

 

**Leia mais na edição de quinta-feira (29) do caderno CRAQUE no Jornal A CRÍTICA