Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Timão goleia Sport no Brasileirão

O Corinthians se recuperou do empate em casa contra o Atlético Paranaense na última rodada e voltou a vencer na competição. De quebra, ainda deu fim a um tabu que durou por 16 anos sem vitórias na Ilha do Retiro

Jogadores do Timão comemoram gol de Jadson durante a vitória contra o Sport Recife

Jogadores do Timão comemoram gol de Jadson durante a vitória contra o Sport Recife (Reprodução)

O Corinthians quebrou um tabu que perdurava 16 anos e não apenas venceu, como goleou o Sport no estádio da Ilha do Retiro, em Recife, por 4 a 1, na tarde deste domingo (25). A partida foi válida pela 7º rodada do Brasileirão. Romarinho e Jadson marcaram duas vezes.

A vitória fora de casa fez com que o Timão subisse três posições e ficasse em 6º lugar com 12 pontos conquistados. O Sport Recife caiu duas e terminou a rodada na 13º posição com 7 pontos na tabela.

A má notícia para o torcedor do Corinthians foi a contusão de Cássio em um lance ainda no primeiro tempo. Com dores no joelho esquerdo, o arqueiro foi substituído por Walter.

O jogo

Os números deste Brasileirão mostram que o Corinthians de 2014 joga melhor fora de São Paulo. O confronto contra o Sport mostrou que eles, os números, estão corretos. Nem o tabu que já durava há 16 anos sem vitórias do Corinthians na Ilha do Retiro foi capaz de tirar a conquista corinthiana.

O primeiro gol do Corinthians veio dos pés do matador Romarinho aos 19 minutos da primeira etapa.

Em um lance de garra de Paolo Guerrero, o peruano lutou contra três marcadores pela esquerda e tocou para Jadson, o meia viu Romarinho de fora da área e tocou de primeira para o atacante que encheu o pé e chutou forte de fora da área para abrir o placar. Sport 0 a 1 Corinthians.

O Sport não se entregou o procurou o empate na partida que veio nove minutos depois. Leonardo desviou cruzamento de Renan Oliveira pela esquerda e confundiu a zaga do Timão dentro da área. Augusto acreditou no lance até o fim e balançou as redes de cabeça. Sport 1 a 1 Corinthians.

Durval, do Sport, fez falta feia em Romarinho na entrada da grande área quando o atacante avançava para a cara do gol. Pelo lance, o árbitro Bassols deu amarelo para o zagueiro. Jadson foi para a cobrança, a bola desviou na barreira e entrou aos 37 do primeiro tempo. Sport 1 a 2 Corinthians.

O terceiro gol corinthiano teve, novamente, Durval e Jadson envolvidos no lance. Logo no início da etapa final, o zagueirão do Sport cometeu pênalti em Petros. Jadson foi para a cobrança e não desperdiçou. Durval foi expulso e deixou sua equipe em apuros. Sport 1 a 3 Corinthians.

A goleada corinthiana na casa do Sport foi decretada por Romnarinho, aos 22 minutos do segundo tempo. A dupla de ataque do Timão funcionou novamente e Guerrero, depois de passar por dois marcadores na área do Sport serviu Romarinho que apenas empurrou para as redes. Sport 1 a 4 Corinthians.

A equipe do Sport que pressionava o Timão até a expulsão de Durval foi sofrendo cada vez mais para tentar diminuir o prejuízo. A tarefa ficou impossível com a expulsão de Neto Bainano em Cléber. O atacante deu uma cotovelada no zagueiro corinthiano e foi expulso no ato, aos 31 minutos da etapa final.

Sport

Magrão; Patric, Ferron, Durval e Renê; Rodrigo Mancha, Rithely, Augusto e Renan Oliveira; Leonardo e Neto Baiano.

Técnico: Eduardo Batista

Corinthians

Cássio; Fagner, Cléber, Gil e Fábio Santos; Ralf, Bruno Henrique, Petros e Jadson; Romarinho e Guerrero.

Técnico: Mano Menezes

Trio de arbitragem

Pericles Bassols (árbitro), Eduardo de Souza Couto (auxiliar), Michael Correia (auxiliar).


**Leia a informação completa na edição de segunda-feira (26) do Jornal A CRÍTICA