Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Seleção Brasileira chega a Fortaleza e evita contato com torcedores no hotel

Uma multidão de torcedores brasileiros aguardava a chegada da Seleção Brasileira na frente do hotel em Fortaleza, mas foi 'driblada' quando o ônibus que levava os jogadores entrou pela porta dos fundos

Uma barreira da polícia militar do Ceará foi imposta para isolar os torcedores do hotel onde está hospedada a Seleção

Uma barreira da polícia militar do Ceará foi imposta para isolar os torcedores do hotel onde está hospedada a Seleção (Clóvis Miranda)

A torcida cearense preparou uma grande festa para receber a Seleção Brasileira, na noite deste domingo (15), em Fortaleza. Quase mil torcedores se aglomeraram nos arredores do Marina Park Hotel, localizado na Avenida Castelo Branco, praia de Iracema. É, mas esse carinho todo não foi retribuído.  Foi um verdadeiro “drible” na torcida, para decepção geral.

“A gente vem aqui, prepara uma festa e eles nem aparecem para dar um tchauzinho. É um bando de c... doce”, reclamou a vendedora Ana Luiza, de 26.

“Eu quero ver o Neymar, eu quero ver o Neymar”, repetia a adolescente Lucia do Carmo, de 14 anos, aos prantos quando descobriu que o craque já tinha entrado.


A Seleção entrou pelos fundos do hotel e, quando o povo soube disso, muitos tentaram forçar a entrada principal, que recebeu reforço de policiais. Sem poder entrar, o jeito foi ficar do lado de fora cantando o Hino Nacional e o tradicional “sou brasileiro com muito orgulho e muito amor”.

Mais cedo

Muitos chegaram ainda cedo ao hotel para esperar a chegada da Seleção. A avenida Castelo Branco ficou lotada, nas proximidades do Marina Park.

“Cheguei aqui às cinco da tarde e estou muito ansioso de ver a Seleção. A expectativa para esse jogo está a mil. É muita emoção”, disse Geraldo Júnior, de 24 anos, que veio tentar ver os jogadores de perto já que não terá a oportunidade de ver a equipe em ação.

“Eu tentei comprar o ingresso, mas não fui sorteado. O jeito é ver o jogo no meu camarote, lá em casa”, disse.

Eduardo Marques também comemorou o fato de a Seleção jogar na cidade dele. “Cara é um momento único. Só Deus quando é que a Copa do Mundo voltará para o Brasil”. Ele foi ao hotel na tentativa de ver o ataque do Fluminense, Fred. “Sou fã dele”, revelou.

Programação
A Seleção Brasileira fará o treino oficial de reconhecimento na Arena Castelão a partir das 14h30. Na terça-feira (17) o time do técnico Luis Felipe Scolari enfrenta o México pela segunda rodada do Grupo A da Copa do Mundo.