Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Botafogo goleia e se garante na fase de grupos da Libertadores

Wallyson foi o nome do jogo marcando três gols na vitória do Botafogo sobre o Deportivo Quito por  4 a 0. Agora, o Fogão já encara o San Lorenzo na próxima terça-feira (11) pelo Grupo 2 da Copa Libertadores

A torcida do Botafogo mostrou confiança na classificação de seu time para a fase de grupos da Libertadores

A torcida do Botafogo mostrou confiança na classificação de seu time para a fase de grupos da Libertadores (Reprodução)

Após ter perdido o primeiro confronto por 1 a 0 no Equador, o Botafogo recebeu o Deportivo  Quito no Maracanã para definir sua vaga na Copa Libertadores na noite desta quarta-feira (5) precisando vencer por dois ou mais gols de diferença. Inspirado em campo, Wallyson mostrou serviço marcando três e ajudou o Botafogo a vencer o Deportivo Quito por 4 a 0 garantindo o time na fase de grupos.

Agora, o Botafogo já pode pensar no San Lorenzo da Argentina, que encara já na próxima terça-feira (11) pelo Grupo 2 da Copa Libertadores da América.

O jogo

Empurrado por sua torcida que lotou o Maraca com cerca de 50 mil pessoas, a equipe alvinegra foi para cima do Deportivo Quito desde o início da partida. Abusando de jogadas violentas, os volantes do Botafogo, principalmente Marcelo Mattos, ‘desfêz’ qualquer jogada que o time equatoriano iniciava.

Lodeiro e Wallyson eram os principais nomes do ataque do Fogão. O uruguaio chutava com perigo e levou a torcida gritar gol em falso ao menos duas vezes com bolas que balançaram as redes pelo lado de fora.

Aos 17 minutos Dórea aproveitou o escanteio cobrado por Ferreyra e cabeceou a bola na trave. A pressão do Botafogo continuou quando Jorge Wagnr cruzou para Ferreyra cabecear com perigo aos 25 minutos de bola rolando.

Para delírio dos torcedores, Wallyson abriu o placar aos 36 minutos com um golaço após bola ajeitada por Jorge Wagner de cabeça. Botafogo 1 a 0 Deportivo Quito.

A marcação entre as duas equipes apertou na segunda etapa e os lances mais duros foram vistos nos dois lados do campo. O sempre viril Marcelo Mattos tomou um amarelo por reclamação com o árbitro.

Impossível em campo, Wallyson fez a alegria dos alvinegros ao marcar seu segundo gol da noite e ampliar a vantagem do Fogão no placar. Aos 21 minutos Lodeiro lançou Wallyson que avançou cara a cara com o goleiro e chutou com frieza para balançar as redes. Botafogo 2 a 0 Deportivo Quito.

E ele queria mais, Wallyson recebeu passe na medida de Elias, carregou a bola e mais uma vez mostrou calma na finalização marcando o terceiro do Botafogo. Botafogo 3 a 0 Deportivo Quito.

Ainda teve tempo para mais um gol, desta vez, Henrique marcou o seu em bate rebate dentro da pequena área do Deportivo Quito aos 45 minutos da etapa final. Botafogo 4 a 0 Deportivo Quito.

Botafogo

Jefferson, Edilson, Bolívar, Dória e Julio Cesar; Marcelo Mattos, Gabriel, Jorge Wagner e Lodeiro; Wallyson e Tanque Ferreyra.

Técnico: Eduardo Hungaro.

Deportivo Quito

Rolando Ramírez, Víctor Chinga, Martín Bonjour, Luis Romero e Carlos Bayas; Freddy Olivo, Omar Andrade, Édison Vega e Carlos Feraud; Víctor Estupiñan e Walter Calderón.

Técnico: Martín Bonjour.