Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Seleção retorna a Teresópolis e é recebida por multidão

Após realizar o último amistoso antes da Copa do Mundo contra a Sérvia na última sexta-feira (6) a Seleção Brasileira de futebol retornou a concentração em Teresópolis, interior do Rio de Janeiro. Uma multidão de torcedores para lá de entusiasmados aguardava o ônibus da equipe

Torcedores foram à loucura com a chegada do ônibus

Torcedores foram à loucura com a chegada do ônibus (Bruno Kelly)

Capital da torcida brasileira nesta Copa do Mundo, Teresópolis – na região serrana do Rio de Janeiro -, respira o clima verde e amarelo que impulsiona a Seleção Canarinho às vésperas do Mundial da Fifa. No início da tarde deste domingo (8), cerca de 500 pessoas, segundo estimativa da Polícia Militar, acompanharam a chegada da Seleção ao centro de treinamento da CBF na Granja Comary.

Em meio a gritos e canções de apoio e resguardados por um contingente de 60 homens da PM, além de carros do Corpo de Bombeiros, Exército e Polícia Federal, os astros da Seleção chegaram de maneira discreta e mal acenaram na janela do ônibus para a multidão, que não teve acesso à Granja.

Por causa disso, alguns passaram a bradar: "abre a porteira, Felipão", em apelo por uma abertura dos portões aos torcedores para acompanharem o treino, que inicia às 15h da tarde no horário de Brasília. Agora, a Seleção tem apenas quatro treinos antes da estreia contra a Croácia, no dia 12 de junho, no Itaquerão.

O elenco brasileiro vem do último amistoso antes da estreia, no Murumbi, em São Paulo. O jogo contra a Sérvia, vencido por 1 a 0 pelo Brasil, expôs as falhas da defesa brasileira e revelou a dependência por parte do time do brilho de sua maior estrela, Neymar, que não conseguiu emplacar um grande futebol diante dos sérvios.

Após o treino desde domingo (8), está programada uma coletiva de imprensa com a participação dos atacantes Fred, autor do gol contra a Sérvia, e Bernard, tido como um dos "queridinhos" do elenco e do técnico Luis Felipe Scolari.

Contra-protesto

Receptivos à Seleção, á que Teresópolis é considerada a sua casa, os torcedores que vieram à Granja Comary acompanhar a chegada da Seleção não fizeram nenhum tipo de protesto político.

Muito pelo contrário: a distinção entre política e futebol estava clara numa placa levantada na multidão, em que se lia "Transporte, saúde e educação reivindicamos na eleição. Brasil hexa em casa é inédito. Apoiaremos com raça e emoção".