Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

San Lorenzo vence por 3 a 0 e elimina o Botafogo da Libertadores

Somente a vitória interessava ao Botafogo fora de casa, mas a equipe errou em momentos cruciais da partida e terminou o jogo derrotado por 3 a 0 e eliminado ainda na primeira fase da Libertadores da América

Piatti marcou dois gols na vitória de 3 a 0 sobre o Botafogo

Piatti marcou dois gols na vitória de 3 a 0 sobre o Botafogo (Reprodução)

O Botafogo perdeu por 3 a 0 para o San Lorenzo e está eliminado da fase de grupos da Copa Libertadores da América. A partida, última da primeira fase, foi disputada na noite desta quarta-feira (9) no estádio Pedro Bidegain, em Buenos Aires, na Argentina.

O Botafogo foi o segundo time do Rio de Janeiro a ser eliminado da competição esta noite, já que o Flamengo viu o León vencer por 3 a 2 em pleno Maracanã lotado.

Com a vitória, o San Lorenzo e o Union Española, do Chile, foram as equipes classificadas do grupo 2 para a próxima fase. A estrela solitária acabou na lanterna do grupo.

Gols

Para o Botafogo, apenas a vitória interessava, mas os argentinos do time do Papa Francisco endureceram a partida jogando em casa.

O primeiro gol da partida saiu logo aos 28 minutos do primeiro tempo após saída de bola errada do Botafogo. Jorge Wagner perdeu a bola e Villalba, do San Lorenzo chutou, a bola desviou em Julio Cesar e tirou o goleirão Jefferson do lance. San Lorenzo 1 a 0 Botafogo

Em novo erro do Botafogo, Piatti roubou a bola e chutou forte de fora da área, ampliando o placar para os donos da casa aos 6 minutos da etapa final. San Lorenzo 2 a 0.

Perto do fim da partida, os argentinos ainda marcaram o terceiro gol, para sacramentar a classificação.Piatti, novamente ele, recebeu passe desviado de cabeça e só teve o trabalho de tocar para o gol. San Lorenzo 3 a 0 Botafogo.

San Lorenzo

Torrico, Buffarini, Valdés, Gentiletti; Emmanuel Más, Juan Mercier, Ortigoza, Villalba, Ignacio Piatti; Ángel Correa e Mauro.

Técnico: Edgardo Bauza.

Botafogo

Jefferson; Lucas, Bolívar, Dória e Julio Cesar; Airton, Gabriel, Jorge Wagner, Lodeiro e Wallyson; Tanque Ferreyra

Técnico: Eduardo Hungaro.

Trio de arbitragem

Juan Soto (árbitro), Carlos López (auxiliar) e Luis Murillo (auxiliar).


*Leia mais na edição de quinta-feira (10) no caderno CRAQUE do Jornal A CRÍTICA